Mercado abrirá em 1 h 3 min
  • BOVESPA

    111.539,80
    +1.204,97 (+1,09%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.682,19
    +897,61 (+2,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    60,84
    +1,09 (+1,82%)
     
  • OURO

    1.720,80
    -12,80 (-0,74%)
     
  • BTC-USD

    51.505,13
    +2.674,18 (+5,48%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.028,31
    +40,22 (+4,07%)
     
  • S&P500

    3.870,29
    -31,53 (-0,81%)
     
  • DOW JONES

    31.391,52
    -143,99 (-0,46%)
     
  • FTSE

    6.677,05
    +63,30 (+0,96%)
     
  • HANG SENG

    29.880,42
    +784,56 (+2,70%)
     
  • NIKKEI

    29.559,10
    +150,93 (+0,51%)
     
  • NASDAQ

    13.154,75
    +99,50 (+0,76%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,8561
    -0,0060 (-0,09%)
     

Clínicas particulares fecham compra de 5 milhões de doses de vacina da Índia

Redação Notícias
·1 minuto de leitura
(Vishal Bhatnagar/NurPhoto via Getty Images)
(Vishal Bhatnagar/NurPhoto via Getty Images)

A Associação Brasileira das Clínicas de Vacinas (ABCVAC) e a importadora Precisa Medicamentos fecharam acordo para a importação de 5 milhões de doses da vacina Covaxin, da farmacêutica Bharat Biontech, da Índia. As informações são do Valor Econômico.

De acordo com as informações reveladas, as clínicas particulares envolvidas na negociação poderão adquirir um mínimo de 2 mil doses e um máximo de 400 mil. Os valores da dose serão definidos de acordo com a quantia de vacinas adquiridas e serão pagos diretamente à Precisa.

Leia também

As clínicas que comprarem entre 2 mil e 7,2 mil doses do imunizante pagarão US$ 40,78, por unidade. Já aquelas que optarem por uma encomenda de 7.201 a 12 mil doses, o preço unitário cai para US$ 38. Nos casos de compras de 12.001 a 50 mil doses, o preço é de US$ 36. Entre 50.001 a 100 mil, o custo é de US$ 34,43 e acima de 100 mil doses, US$ 32,71 de acordo com documento que o Valor revelou.

Ainda de acordo com a reportagem, as clínicas particulares têm de agir rápido, pois só terão até a próxima sexta-feira (29) para fecharem seus pedidos. A expectativa é que as vacinas estejam disponíveis no mercado em abril, após aprovação de registro pela Anvisa.

Além das clínicas particulares, o governo federal negocia a compra de um lote de 50 milhões de doses com a Bharat, mas apenas após o final das pesquisas clínicas.