Mercado fechado
  • BOVESPA

    109.717,94
    -517,82 (-0,47%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.460,55
    +652,34 (+1,36%)
     
  • PETROLEO CRU

    93,99
    -0,35 (-0,37%)
     
  • OURO

    1.803,50
    -3,70 (-0,20%)
     
  • BTC-USD

    23.911,33
    -3,44 (-0,01%)
     
  • CMC Crypto 200

    573,13
    -1,61 (-0,28%)
     
  • S&P500

    4.207,27
    -2,97 (-0,07%)
     
  • DOW JONES

    33.336,67
    +27,16 (+0,08%)
     
  • FTSE

    7.465,91
    -41,20 (-0,55%)
     
  • HANG SENG

    20.082,43
    +471,59 (+2,40%)
     
  • NIKKEI

    27.819,33
    -180,63 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    13.330,00
    +18,75 (+0,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,3236
    -0,0001 (-0,00%)
     

Clientes do McDonald’s podem comer e pedalar ao mesmo tempo na China

·1 min de leitura
McDonalds
Publicação rendeu comentários do mundo todo no TikTok

(Getty Images)

  • McDonald's na China instala bicicletas às mesas

  • Objetivo é permitir que clientes comam os lanches e pedalem ao mesmo tempo

  • Vídeo viralizou no TikTok e recebeu milhões de curtidas

Um vídeo de um McDonald’s na China viralizou na internet após mostrar bicicletas ergométricas instaladas às mesas para que clientes pudessem consumir lanches e praticar exercícios físicos ao mesmo tempo.

A publicação foi feita pelo usuário Chris Yu no TikTok e mostra uma mulher comendo hamburguer e tomando refrigerante enquanto pedala. Ao lado dela, aparecem outras bicicletas.

A engenhoca, é claro, gerou milhões de curtidas e comentários de diferentes locais do mundo, sendo que uma das usuárias da rede social definiu: “Equilíbrio é tudo”.

As mesas com as bicicletas ficam nos cantos do restaurante e têm rodas com o logotipo da “Arcos Dourados”, símbolo do McDonald’s.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos