Mercado abrirá em 2 h 51 min
  • BOVESPA

    111.183,95
    -355,84 (-0,32%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.377,47
    +695,28 (+1,52%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,01
    -0,27 (-0,44%)
     
  • OURO

    1.713,20
    -2,60 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    49.368,95
    -1.497,53 (-2,94%)
     
  • CMC Crypto 200

    991,02
    +3,81 (+0,39%)
     
  • S&P500

    3.819,72
    -50,57 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    31.270,09
    -121,43 (-0,39%)
     
  • FTSE

    6.608,66
    -66,81 (-1,00%)
     
  • HANG SENG

    29.236,79
    -643,63 (-2,15%)
     
  • NIKKEI

    28.930,11
    -628,99 (-2,13%)
     
  • NASDAQ

    12.618,75
    -63,00 (-0,50%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7699
    -0,0088 (-0,13%)
     

Claudinho entra na briga pela artilharia do Brasileiro

André Schmidt
·1 minuto de leitura


Não é apenas a disputa pelo título brasileiro que segue apertado. A briga pela artilharia da competição também continua embolada. Thiago Galhardo, que iniciou o Brasileirão largando na frente, marcou apenas um gol nos últimos nove jogos do Internacional. Marinho, o vice-artilheiro do campeonato, também não marcou na rodada. Melhor para Claudinho, do Red Bull Bragantino, que estufou as redes duas vezes e assumiu a 3ª posição entre os goleadores.

Revelado pelo Corinthians, o meia já havia sido um dos destaques do time no acesso à Série A, no ano passado, e agora mantém o bom desempenho. Com os dois gols anotados na vitória por 2 a 1 sobre o Ceará, nesse domingo, o camisa 10 chegou a 13 no Brasileiro, ultrapassando Luciano, do São Paulo, que tem 12. Veja como está a disputa:

ARTILHARIA DO CAMPEONATO BRASILEIRO 2020

1º - Thiago Galhardo - Internacional - 16 gols
2º - Marinho - Santos - 15 gols
3º - Claudinho - Red Bull Bragantino - 13 gols
4º - Luciano - Grêmio/São Paulo - 12 gols
5º - Cano - Vasco - 11 gols
Pedro - Flamengo - 11 gols
Brenner - São Paulo - 11 gols
8º - Keno - Atlético-MG - 10 gols
9º - Vinícius - Ceará - 9 gols
Raphael Veiga - Palmeiras - 9 gols
​Diego Souza - Grêmio - 9 gols