Classe média está mais otimista em 2013, diz pesquisa

SÃO PAULO – O grau de otimismo da Classe Média brasileira aumentou consideravelmente para este ano de 2013. As informações são da pesquisa "Vozes da Classe Média", realizada pelo instituto Data Popular, que apontaram que neste ano, dos oito itens analisados, apenas um passou por variação positiva em relação às melhorias nos aspectos de vida.

A satisfação do brasileiro em relação à vida profissional está pior. O quesito “minha vida profissional” passou por um recuo de 3 pontos percentuais, caindo de 77% no ano passado para 74% dos 1800 entrevistados de 54 cidades do País em 2013.

O item “minha vida financeira” foi o que apresentou maior alta no otimismo. Em 2012, 70% dos entrevistados responderam que estavam mais otimistas em relação a este quesito para o ano. Já em 2013, esse nível subiu para 79% das pessoas.

No geral, o otimismo da classe média brasileira para a melhoria de vida em 2013 elevou de 76% em 2012 para 81% em 2013.

Gastos para 2013
O Data Popular também listou as projeções das despesas da classe média no Brasil para este ano. Em 2013, os gastos deverão ser 122% maiores que em 2010 em relação aos itens de Eletrodomésticos e Eletrônicos – de R$ 23,2 bilhões gastos em 2010 para uma projeção de R$ 51,5 bilhões em 2013.

Educação e Entretenimento
Já com os itens Entretenimento e Educação, a classe média não vai aumentar tanto suas despesas. Com o primeiro, o aumento em relação ao total gasto em 2010 será de 24,3% (de R$ 15,6 bilhões para R$ 19,4 bilhões). Já com Educação, de acordo com o Data Popular, a expansão será de 21,6% (de R$ 20,3 bilhões para R$ 24,7 bilhões).

Por fim, o item Casa (incluindo aluguel, condomínio, produtos do lar, água, energia elétrica, entre outros), também está prevista uma variação singela no aumento das despesas em 2013. De R$ 285,6 bilhões gastos em 2010 para R$ 326 bilhões projetados até o fim deste ano – alta de 14%.

Carregando...