Mercado abrirá em 3 h 4 min
  • BOVESPA

    116.230,12
    +95,66 (+0,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.046,58
    +616,83 (+1,36%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,20
    -0,32 (-0,37%)
     
  • OURO

    1.717,70
    -12,80 (-0,74%)
     
  • BTC-USD

    20.104,58
    +162,33 (+0,81%)
     
  • CMC Crypto 200

    455,42
    +9,99 (+2,24%)
     
  • S&P500

    3.790,93
    +112,50 (+3,06%)
     
  • DOW JONES

    30.316,32
    +825,43 (+2,80%)
     
  • FTSE

    6.994,97
    -91,49 (-1,29%)
     
  • HANG SENG

    18.087,97
    +1.008,46 (+5,90%)
     
  • NIKKEI

    27.120,53
    +128,32 (+0,48%)
     
  • NASDAQ

    11.534,00
    -106,75 (-0,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1553
    -0,0126 (-0,24%)
     

City de Londres deve voltar a escritórios com energia mais cara

(Bloomberg) -- Os trabalhadores do distrito financeiro de Londres que desejam economizar dinheiro podem querer ficar mais tempo no escritório durante o inverno, uma vez que o custo de trabalhar em casa está aumentando junto com as contas de energia.

Aqueles preparados para ir ao escritório todos os dias podem deixar de gastar cerca de £ 50 (mais de R$ 300) por semana em janeiro de 2023 se puderem caminhar, correr ou andar de bicicleta até o local de trabalho. Essa economia é atribuída ao custo de não precisar aquecer uma casa o dia inteiro, de acordo com estimativas do site de comparação de preços Uswitch.

Aqueles que estiverem trabalhando em casa em janeiro podem esperar pagar cerca de £ 175 (quase R$ 1.100) por semana com energia e outros custos incluídos nos cálculos da Bloomberg, como comprar seu próprio café, que costuma ser oferecido em muitos escritórios.

A Uswitch estima que a conta média mensal de energia pode chegar a £ 683 (quase R$ 4.300,00) em janeiro para trabalhadores domésticos, em comparação a £ 492 (pouco mais de R$ 3.000) para aqueles que forem ao escritório. Assume-se que os trabalhadores remotos usam 25% mais eletricidade e 75% mais gás por dia com aquecimento doméstico.

Mecanismo de enfrentamento

“As pessoas estarão lutando para aquecer suas casas e procurarão outros lugares aquecidos – sejam espaços públicos, como bibliotecas ou igrejas, ou seja ir ao escritório quando você normalmente trabalharia em casa”, disse Matt Copeland, oficial de políticas da National Energy Action.

O incentivo para ir ao escritório provavelmente será bem recebido por alguns no distrito financeiro londrino, onde os chefes vêm pressionando os funcionários pelo retorno ao trabalho presencial. No momento, menos da metade dos trabalhadores do setor bancário do Reino Unido vão ao escritório em um dia normal, e apenas 18% dos funcionários do setor de seguros o fazem, de acordo com uma pesquisa da consultoria Advanced Workplace Associates.

More stories like this are available on bloomberg.com

©2022 Bloomberg L.P.