Mercado fechado
  • BOVESPA

    116.375,25
    -1.185,58 (-1,01%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.728,87
    -597,81 (-1,29%)
     
  • PETROLEO CRU

    93,20
    +4,75 (+5,37%)
     
  • OURO

    1.701,80
    -19,00 (-1,10%)
     
  • BTC-USD

    19.581,24
    -374,81 (-1,88%)
     
  • CMC Crypto 200

    445,50
    -9,53 (-2,09%)
     
  • S&P500

    3.639,66
    -104,86 (-2,80%)
     
  • DOW JONES

    29.296,79
    -630,15 (-2,11%)
     
  • FTSE

    6.991,09
    -6,18 (-0,09%)
     
  • HANG SENG

    17.740,05
    -272,10 (-1,51%)
     
  • NIKKEI

    27.116,11
    -195,19 (-0,71%)
     
  • NASDAQ

    11.096,25
    -445,50 (-3,86%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,0768
    -0,0367 (-0,72%)
     

Citi Private Bank descobre que as prioridades de escritórios familiares transcendem a preservação do valor dos ativos financeiros e incluem a promoção da unidade e continuidade da família

Apesar da volatilidade do mercado em 2022, e o declínio geral do portfólio, a maioria dos entrevistados na pesquisa anual de escritórios familiares permanece otimista e espera ganhos de portfólio nos próximos doze meses

NOVA YORK, September 14, 2022--(BUSINESS WIRE)--O Family Office Group do Citi Private Bank divulgou hoje os resultados de sua Pesquisa de Escritórios Familiares de 2022, captando a forma de pensar e o comportamento de alguns dos mais diversos escritórios familiares e investidores com valor líquido ultra alto do mundo. Em um momento de desafios financeiros e geopolíticos cada vez mais amplos, o relatório descreve áreas de oportunidades de potencial crescimento no próximo ano.

Sete temas predominantes emergiram da pesquisa: 1) as preocupações vão além dos ativos financeiros, 2) os valores dos portfólios caíram no acumulado do ano, 3) as perspectivas são positivas apesar da incerteza econômica e geopolítica, 4) o investimento direto continua sendo uma prioridade, 5) a profissionalização da função de investimento em escritórios familiares continua, 6) preparo para gerenciar a unidade familiar e a continuidade serão essenciais para o sucesso a longo prazo, e 7) as alocações para investimentos sustentáveis e ESG têm espaço para crescer.

"Cada um de nossos clientes de escritórios familiares tem uma necessidade e uma perspectiva únicas que ajudam a informar como podemos respaldar o progresso direcionado a suas metas financeiras para as próximas gerações", disse Ida Liu, diretora Global do Citi Private Bank. "Há uma consciência crescente da dupla necessidade de preparar o patrimônio para as famílias e as famílias para o patrimônio. E como uma parceiroria confiável, o Citi Private Bank pode ajudá-los a fazer isto."

Embora as três principais preocupações econômicas atuais incluam inflação, temores de recessão e incerteza geopolítica, os executivos de escritórios familiares expressaram grande interesse em se preparar para o futuro. Isto inclui preservar o valor dos ativos da família e preparar a próxima geração para a transição para cargos de liderança como proprietários de patrimônio responsáveis. Na verdade, as sucessões de liderança nos níveis de família, escritório familiar ou fideicomissário (curador) estão entre as principais transições que a maioria dos entrevistados espera enfrentar nos próximos cinco anos.

"Estamos satisfeitos em poder compartilhar os destaques da pesquisa deste ano, que refletem a necessidade urgente dos escritórios familiares de planejarem hoje para um futuro de sucesso", disse Hannes Hofmann, o novo diretor Global do Family Office Group no Citi Private Bank. "Estou entusiasmado com a oportunidade de trabalhar com alguns dos escritórios familiares mais diversificados e sofisticados do mundo."

Apesar das preocupações, talvez como um reflexo do sentimento de que o mercado pode ter chegado ao fundo do poço, a pesquisa mostra um alto grau de otimismo para os retornos de portfólio nos próximos doze meses, com 80% dos escritórios familiares esperando ganhos de portfólio e 62% esperando um aumento no valor do portfólio de 5% ou maior. No que se refere à alocação de ativos, o patrimônio público representa a maior parte em 23%, mas a atratividade do setor imobiliário e do patrimônio privado permanece, representando 35% das alocações de ativos combinadas (20% e 15%, respectivamente).

A Pesquisa de Escritórios Familiares de 2022 também descobriu revelou que o investimento direto continua sendo o foco principal dos escritórios familiares, com cerca de um terço deles alocando entre 10% e 20% de seu portfólio, enquanto outro terço aloca mais de 30%. Os investimentos diretos são divididos quase igualmente entre imóveis (37%) e negócios operacionais (33%).

"Ficamos entusiasmados por ter dobrado o número de perguntas este ano para obter informações mais valiosas sobre os amplos desafios que os escritórios familiares estão enfrentando e entender melhor onde querem chegar", disse Alexandre Monnier, diretor Global de Serviços e Rede de Escritórios Familiares. "Nesta pesquisa, tentamos captar onde, mas também como os escritórios familiares estão investindo, por exemplo, se dependem de um comitê de investimentos ou de um conselho. Estas informações ajudam a informar ainda mais nossos clientes sobre as medidas que seus pares estão tomando para satisfazer suas necessidades e alcançar suas metas."

Os resultados deste ano também mostraram que a oportunidade de traduzir em ação a curiosidade sobre investimentos sustentáveis ou ESG continua significativa, pois 60% dos escritórios familiares ainda não consideraram alinhar parte de seu portfólio com estes temas ou não sabem como eles se alinham. Oportunidades de investimento auxiliares ou diretos, mercados privados de modo mais amplo e estratégias e parcerias inovadoras demonstram o maior potencial para investimentos quanto a ESG.

A pesquisa deste ano foi iniciada durante o sétimo programa anual de Liderança de Escritórios Familiares do Citi Private Bank, realizado pessoalmente em junho de 2022 pela primeira vez desde o início da pandemia de Covid-19. A pesquisa foi posteriormente divulgada a clientes internacionais de escritórios familiares do Citi Private Bank para informação. Incluiu mais de 30 perguntas destinadas a avaliar o sentimento de investimento e as ações do portfólio de clientes após os ventos adversos macroeconômicos e a volatilidade do mercado no começo de 2022. Recebeu respostas de quase 200 participantes, dos quais 126 concluíram o processo e foram considerados para este relatório.

Sobre o Citi Private Bank:
O Citi Private Bank se dedica a atender pessoas e famílias ricas e sofisticadas, ao oferecer serviços bancários privados personalizados além das fronteiras. Com cerca de US$ 500 bilhões em negócios totais de clientes, a franquia atende clientes em 50 cidades em mais de 100 países. O Citi Private Bank ajuda os clientes a crescer e preservar o patrimônio, financiar ativos, fazer o caixa trabalhar mais, proteger ativos, preservar legados, além de satisfazer as necessidades de famílias e empresas familiares. O banco oferece aos clientes produtos e serviços na área de mercado capital, gestão de ativos e de portfolios, trust e planejamento patrimonial, banking, financiamento de investimentos, financiamento de aeronaves, consultoria e financiamento de arte, e financiamento esportivo.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Ver a versão original em businesswire.com: https://www.businesswire.com/news/home/20220913006040/pt/

Contacts

Mídia:
América do Norte: Gabriel Morales gabriel.morales@citi.com
EMEA: Kimberley Mosley kimberley.mosley@citi.com
APAC: Harsha Jethnani harsha.jethnani@citi.com
América Latina: Denise Rockenbach denise.rockenbach@citi.com