Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.064,36
    +1.782,08 (+1,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.464,27
    +125,93 (+0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,24
    +1,01 (+1,40%)
     
  • OURO

    1.742,80
    -36,00 (-2,02%)
     
  • BTC-USD

    44.641,07
    +1.091,24 (+2,51%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.119,18
    +10,26 (+0,92%)
     
  • S&P500

    4.448,98
    +53,34 (+1,21%)
     
  • DOW JONES

    34.764,82
    +506,50 (+1,48%)
     
  • FTSE

    7.078,35
    -5,02 (-0,07%)
     
  • HANG SENG

    24.510,98
    +289,44 (+1,19%)
     
  • NIKKEI

    29.639,40
    -200,31 (-0,67%)
     
  • NASDAQ

    15.296,00
    +132,50 (+0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2247
    +0,0159 (+0,26%)
     

Citi contrata executivo do BofA e traz chefe de ações da AL a SP

·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- O Citi está reforçando suas equipes de banco de investimento e sales & trading de renda variável no Brasil em meio a um boom no mercado de capitais na maior economia da América Latina.

Fabio Gheilerman, chefe de sales & trading de ações da América Latina do Citi, se mudará de Nova York para São Paulo, enquanto o executivo de fusões e aquisições Daniel Coradi ingressou no Citi depois de dois anos no Bank of America. O Citi também contratou Cláudia Guimarães, que era do Bradesco, para integrar seu time de banco de investimento.

“Continuamos no mercado em busca de talentos, pois queremos crescer de maneira constante”, disse Eduardo Miras, chefe do banco de investimentos no Brasil do Citi.

O mercado de capitais está batendo recordes no Brasil este ano, pois juros abaixo da inflação levam investidores a buscar ativos de maior risco. As ofertas de ações aumentaram quase 60%, para R$ 125,7 bilhões, enquanto a emissão de títulos da dívida no mercado local mais do que dobrou, para R$ 126,4 bilhões, mostram dados compilados pela Bloomberg. Essa atividade está alimentando as fusões e aquisições no país, que quase quadruplicaram, para US$ 59,9 bilhões.

“Estamos ganhando participação de mercado”, disse Miras, acrescentando que o banco coordenou quatro das seis ofertas de ações deste ano de empresas latino-americanas de propósito específico para aquisições (Spacs).

O Citi também foi um dos coordenadores da maior oferta pública inicial de ações no Brasil neste ano, que levantou R$ 6,9 ​​bilhões, feita pela empresa de biocombustíveis Raízen, uma joint-venture entre a Shell e a Cosan. Também participou da maior oferta adicional, uma operação de R$ 11,4 bilhões da BR Distribuidora.

No Brasil, a receita total com comissões de banco de investimento este ano mais que dobrou em relação ao mesmo período de 2020, para US$ 933,8 milhões, de acordo com a empresa de pesquisa Dealogic, com sede em Londres.

Desde que Miras ingressou no Citi vindo do Morgan Stanley, há quatro anos, a equipe de banco de investimento dobrou para cerca de 30 pessoas, disse ele. Isso incluiu mudanças internas: Tobias Stingelin, diretor sênior de pesquisa, foi recentemente transferido para trabalhar no time do Miras cobrindo os setores de consumo, varejo e educação.

“Vamos aumentar nossa exposição de balanço, tentando trabalhar em negócios transformacionais para a economia do Brasil”, disse Miras.

More stories like this are available on bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos