Mercado fechará em 4 h 24 min

Cientistas descobrem novo alvo para destruir a covid-19

Na busca por remédios mais eficazes contra o vírus da covid-19, cientistas norte-americanos descobriram um potencial alvo capaz de destruir o agente infeccioso: a proteína GRP78, presente na membrana viral. Em estudos pré-clínicos, a nova rota de ataque ao coronavírus SARS-CoV-2 demonstrou ser promissora.

Publicado na revista científica Nature Communications, o estudo que detalha o novo alvo para destruir a covid-19 foi liderado por pesquisadores da Escola de Medicina Keck da Universidade do Sul da Califórnia (USC) e do Centro de Pesquisa e Inovação contra o Câncer da Cleveland Clinic.

“Agora temos evidências diretas” de que o novo alvo para combater a covid-19 é promissor, afirma Amy S. Lee, professora de bioquímica da USC e uma das autoras do estudo, em comunicado. “GRP78 é uma proteína essencial para a replicação do vírus”, acrescenta.

Estudo sobre o novo alvo que pode destruir a covid-19

Cientistas descobrem novo alvo para destruir o vírus da covid-19, a proteína GRP78 (Imagem: Vladimirzotov/Envato Elements)
Cientistas descobrem novo alvo para destruir o vírus da covid-19, a proteína GRP78 (Imagem: Vladimirzotov/Envato Elements)

Na virologia, a região GRP78 é conhecida como a proteína acompanhante, porque sua função está diretamente ligada com a da proteína Spike (S) — o atual foco da maioria dos remédios e das vacinas. No organismo, é como se a S fosse a chave para o vírus da covid-19 abrir a "porta" das células saudáveis, o que é fundamental. Só que isso somente ocorre após a GRP78 indicar o lugar da fechadura.

Diante dessa hipótese, os cientistas testaram formas de suprimir a proteína GRP78 em testes de laboratório (in vitro), com uma cultura de células humanas infectadas pelo vírus da covid-19. Neste experimento, foi usada uma molécula chamada HA15 — desenvolvida originalmente como uma droga anti-câncer —, que inativa este novo alvo.

Em seguida, os pesquisadores também testaram o remédio HA15 em camundongos que foram geneticamente modificados para expressar um receptor SARS-CoV-2 humano e infectados com SARS-CoV-2. Novamente, os resultados foram promissores e o remédio que inibe a GRP78 reduziu a carga viral nos pulmões das cobaias.

“Descobrimos que este medicamento foi muito eficaz na redução do número e do tamanho das placas SARS-CoV-2 produzidas nas células infectadas. Quando usada em doses seguras, não tiveram efeito prejudicial nas células normais”, afirma Lee.

Remédio da covid poderá ser usado contra outras doenças

Para além do combate da covid-19, a descoberta do alvo GRP78 pode ser a solução para o controle de outras doenças virais, como Ebola e Zika. Isso porque ambos os agentes infecciosos carregam esta proteína na membrana viral. Os estudos contra o câncer também parecem promissores.

Agora, os pesquisadores devem continuar a estudar e investigar os efeitos do HA15 contra a proteína GRP78. No futuro, é possível que encontremos um novo remédio seguro e eficaz contra a covid-19.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: