Mercado abrirá em 5 h 59 min
  • BOVESPA

    114.064,36
    +1.782,08 (+1,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.464,27
    +125,93 (+0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,55
    +0,25 (+0,34%)
     
  • OURO

    1.753,20
    +3,40 (+0,19%)
     
  • BTC-USD

    44.164,22
    -145,50 (-0,33%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.101,85
    -7,08 (-0,64%)
     
  • S&P500

    4.448,98
    +53,34 (+1,21%)
     
  • DOW JONES

    34.764,82
    +506,50 (+1,48%)
     
  • FTSE

    7.078,35
    -5,02 (-0,07%)
     
  • HANG SENG

    24.380,56
    -130,42 (-0,53%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.257,75
    -45,75 (-0,30%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2224
    -0,0026 (-0,04%)
     

Cientistas criaram estes minicérebros, que agora desenvolveram estes mini-olhos

·1 minuto de leitura

Cientistas do University Hospital Düsseldorf, na Alemanha, estão cultivando em laboratório minicérebros constituídos a partir de células-tronco. A ideia é entender melhor o processo de diferenciação e desenvolvimento ocular, bem como as doenças oculares.

Os minicérebros são organoides de origem humana cultivados em placas de laboratório. Neles, duas pequeninas estruturas ópticas bilateralmente simétricas começaram a se desenvolver, refletindo o crescimento das estruturas dos olhos em embriões humanos. Graças a esse experimento, os organoides poderão ajudar cientistas a estudar as interações cérebro-olho durante o desenvolvimento embrionário, modelar distúrbios retinais congênitos e gerar tipos de células retinais específicas do paciente para testes de remédios personalizados e terapias de transplante.

Organoide cerebral é um cérebro em miniatura?

Não exatamente. Organoides cerebrais não são cérebros verdadeiros: são pequenas estruturas cultivadas a partir de células-tronco colhidas de humanos adultos e submetidas à engenharia reversa, com potencial de crescer em muitos tipos diferentes de tecido. São estruturas simplificadas, e não apenas no tamanho.

(Imagem: Reprodução/Cell Stem Cell)
(Imagem: Reprodução/Cell Stem Cell)

Nesse caso, essas células-tronco são induzidas a crescer em bolhas de tecido cerebral, sem nada que se pareça com pensamentos, emoções ou consciência. Esses minicérebros são usados ​​para fins de pesquisa em que o uso de cérebros vivos reais seria impossível.

"O desenvolvimento do olho é um processo complexo e compreendê-lo pode permitir a sustentação da base molecular das doenças retinianas iniciais", escreveram os pesquisadores.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos