Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.910,10
    -701,55 (-0,62%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.661,86
    +195,84 (+0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,29
    +0,68 (+0,79%)
     
  • OURO

    1.792,30
    -2,70 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    37.581,08
    +774,40 (+2,10%)
     
  • CMC Crypto 200

    863,83
    +21,37 (+2,54%)
     
  • S&P500

    4.431,85
    +105,34 (+2,43%)
     
  • DOW JONES

    34.725,47
    +564,69 (+1,65%)
     
  • FTSE

    7.466,07
    -88,24 (-1,17%)
     
  • HANG SENG

    23.550,08
    -256,92 (-1,08%)
     
  • NIKKEI

    26.717,34
    +547,04 (+2,09%)
     
  • NASDAQ

    14.430,25
    +443,50 (+3,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9813
    -0,0427 (-0,71%)
     

Cientistas criam sensor de dedo que mede pressão arterial em apenas 5 segundos

·2 min de leitura

Pesquisadores da University of Missouri desenvolveram um sensor de dedo que mede a pressão arterial em apenas cinco segundos, além de obter outros sinais vitais, como frequência cardíaca, saturação de oxigênio no sangue e temperatura corporal. Os detalhes da invenção foram publicados na revista científica IEEE Sensors Journal no último dia 10.

Normalmente, a pressão arterial é calculada por meio de uma braçadeira, mas o procedimento não é tão rápido. Os pesquisadores também argumentam que a técnica pode causar danos às artérias do paciente, se feito repetidamente em um curto espaço de tempo. O grupo também observa que muitos fatores podem interferir em uma leitura precisa da pressão arterial, incluindo o nervosismo do paciente.

“Nosso dispositivo pode registrar a pressão arterial de alguém em cinco segundos, usando sensores que medem a quantidade de luz refletida nos vasos sanguíneos sob a superfície da pele", explica Richard Byfield, pesquisador envolvido no estudo.

Cientistas criam sensor de dedo que mede pressão arterial em apenas 5 segundos (Imagem: Reprodução/University of Missouri)
Cientistas criam sensor de dedo que mede pressão arterial em apenas 5 segundos (Imagem: Reprodução/University of Missouri)

A técnica utilizada é chamada de fotopletismografia, que calcula quão rápido o sangue viaja pela corrente sanguínea. Depois que esses dados são reunidos, são transmitidos sem fio a um computador para processamento de sinal e cálculo de pressão arterial por um algoritmo de machine learning. Os pesquisadores testaram o dispositivo em 26 participantes, e chegaram a uma taxa de precisão de cerca de 90%.

Os especialistas envolvidos na pesquisa trabalham para incorporar o dispositivo na coleta de dados para estudos futuros. A ideia é conseguir identificar sinais vitais que possam servir como indicadores para várias doenças, como covid-19 e gripe. “Nosso objetivo é ampliar o impacto do nosso dispositivo, além de chegar a uma nova forma de medir os sinais vitais”, afirma Jian Lin, que também integra o grupo de autores do estudo.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos