Mercado fechará em 5 h 26 min
  • BOVESPA

    98.184,21
    -1.437,37 (-1,44%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.267,94
    -793,67 (-1,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    106,75
    -3,03 (-2,76%)
     
  • OURO

    1.815,50
    -2,00 (-0,11%)
     
  • BTC-USD

    18.948,19
    -1.165,41 (-5,79%)
     
  • CMC Crypto 200

    405,37
    -26,10 (-6,05%)
     
  • S&P500

    3.762,10
    -56,73 (-1,49%)
     
  • DOW JONES

    30.612,68
    -416,63 (-1,34%)
     
  • FTSE

    7.123,98
    -188,34 (-2,58%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,10 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    26.393,04
    -411,56 (-1,54%)
     
  • NASDAQ

    11.382,75
    -308,25 (-2,64%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4654
    +0,0548 (+1,01%)
     

Cientistas criam microagulha ocular para tratar doenças graves

Na última sexta-feira (17), cientistas do Terasaki Institute (EUA) anunciaram a criação de uma microagulha ocular auto-plugável capaz de tratar problemas de visão. A ideia é evitar questões como infecções e danos ao tecido ocular na hora de injetar medicamentos.

A nova microagulha é biodegradável, revestida por imersão com um medicamento terapêutico para liberação após a inserção no globo ocular, e também pode ser equipada com um hidrogel especial que veda simultaneamente a pequena abertura feita.

A técnica teve um bom desempenho em testes pré-clínicos, e "pode evitar problemas associados ao uso de agulhas para tratar doenças oculares graves", segundo os cientistas envolvidos. Na prática, a chamada 'injeção intravítrea' coloca a droga no vítreo (fluido gelatinoso que enche o globo ocular) e pode ajudar desde degeneração macular relacionada à idade (DMRI) até doença ocular diabética.

Em vez de sujeitar o paciente a múltiplas injeções com risco de infecção entre os tratamentos, a microagulha ultrafina permanece no olho e eventualmente se biodegrada. O medicamento é liberado aos poucos, enquanto a tecnologia se mantém inserida na área dos olhos.

Testes com a microagulha ocular

Cientistas criam microagulha ocular auto-plugável para tratar visão (Imagem: Wirestock/Freepik)
Cientistas criam microagulha ocular auto-plugável para tratar visão (Imagem: Wirestock/Freepik)

Para testar a eficácia e a segurança da microagulha, a equipe utilizou olhos de porcos. Através do experimento, foi possível ver que o orifício foi selado imediatamente após a injeção e o medicamento se espalhou pelo olho conforme previsto. O próximo passo foi inserir a microagulha em porcos vivos, e não houve vazamento ou inflamação no local. Mesmo uma semana depois, a agulha ainda estava alojada no mesmo lugar.

"Os dados indicam que o medicamento da ponta da microagulha auto-plugável foi disperso com sucesso através do vítreo e da retina", afirmam os cientistas. No entanto, ainda há um longo caminho até que a tecnologia esteja disponível para os seres humanos.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos