Mercado fechará em 1 h 57 min
  • BOVESPA

    123.821,72
    +2.020,93 (+1,66%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.072,93
    +204,61 (+0,40%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,18
    -2,77 (-3,75%)
     
  • OURO

    1.819,60
    +2,40 (+0,13%)
     
  • BTC-USD

    39.739,43
    -1.361,50 (-3,31%)
     
  • CMC Crypto 200

    971,98
    +11,08 (+1,15%)
     
  • S&P500

    4.396,64
    +1,38 (+0,03%)
     
  • DOW JONES

    34.928,11
    -7,36 (-0,02%)
     
  • FTSE

    7.081,72
    +49,42 (+0,70%)
     
  • HANG SENG

    26.235,80
    +274,77 (+1,06%)
     
  • NIKKEI

    27.781,02
    +497,43 (+1,82%)
     
  • NASDAQ

    14.984,50
    +28,75 (+0,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0860
    -0,1020 (-1,65%)
     

Cientistas criam marca-passo sem fio que se dissolve no corpo após o uso

·2 minuto de leitura

Cientistas desenvolveram um novo tipo de marca-passo, dispositivo criado para regular os batimentos cardíacos, que não conta com fios e pode se dissolver no organismo quando não houver mais necessidade de ser usado. Enquanto algumas pessoas precisam usar o aparelho de forma permanente, outras precisam apenas durante um determinado período, como após uma cirurgia, por exemplo.

O primeiro marca-passo foi implantado em um paciente em 1958 e, desde então, milhões de pessoas já melhoraram a sua qualidade de vida graças ao dispositivo. Porém, depois de um certo tempo de uso, o aparelho pode trazer problemas, como o de infecção, ou ainda danos no tecido cardíaco depois de sua remoção. Para evitar essas complicações, os cientistas chegaram em uma versão completamente solúvel e biocompatível.

O novo marca-passo, de acordo com John A Rogers, da Universidade Northwestern, em Illinois, nos Estados Unidos, e também co-autor do estudo, é fino, flexível, pesa menos de meio grama, não tem fio e pode ser controlado de fora do corpo. É desenvolvido a partir de materiais como silício, magnésio, tungstênio e polímero PLGA, sendo todos eles compatíveis com o corpo humano e que sofrem reações químicas para que sejam dissolvidos e absorvidos.

<em>Imagem: Reprodução/Northwestern University/Nature Biotechnology</em>
Imagem: Reprodução/Northwestern University/Nature Biotechnology

O marca-passo tem um formato que praticamente imita uma raquete de tênis minúscula, sendo alimentado por uma tecnologia sem fio de radiofrequência enviada por um dispositivo externo. Dentro do marca-passo, a radiofrequência é convertida em corrente elétrica que faz a regulagem do coração. De acordo com Rogers, uma tecnologia parecida foi usada em carregadores wireless de celulares e de escovas de dente elétricas.

Testes

Para descobrir a eficácia do marca-passo, os cientistas fizeram testes em corações de animais, como ratos e coelhos, mas também em fatias de coração humano ou ainda em ratos e cães vivos. Nos testes com os cachorros, a equipe afirmou que o sistema gera energia necessária para o uso em humanos adultos. Nos ratos, o dispositivo funcionou por quatro dias, começando a se dissolver em duas semanas. Depois de sete semanas, já não era mais visível.

Segundo a equipe de pesquisadores, o marca-passo pode ser otimizado para ganhar uma maior espessura para durar por mais tempo e atender às mais diversas necessidades. Rogers diz que o aparelho ainda não está pronto para o uso definitivo, uma vez que ainda não foram realizados testes em pacientes humanos.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos