Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.923,93
    +998,33 (+0,90%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.234,37
    -223,18 (-0,43%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,34
    -0,88 (-1,08%)
     
  • OURO

    1.797,30
    -3,80 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    16.965,75
    -9,45 (-0,06%)
     
  • CMC Crypto 200

    404,33
    +2,91 (+0,72%)
     
  • S&P500

    4.071,70
    -4,87 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    34.429,88
    +34,87 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.556,23
    -2,26 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    18.675,35
    -61,09 (-0,33%)
     
  • NIKKEI

    27.777,90
    -448,18 (-1,59%)
     
  • NASDAQ

    11.979,00
    -83,75 (-0,69%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4940
    +0,0286 (+0,52%)
     

Cientistas criam adesivos de microagulhas que restauram calvície

Em novo estudo, cientistas descreveram a utilização de uma inteligência artificial para criar adesivos de microagulhas capazes de restaurar a calvície. Nessa condição, os folículos capilares podem ser danificados por inflamação ou superabundância de espécies reativas de oxigênio, e o novo método pode neutralizá-las.

Segundo os autores do estudo, quando os níveis de radicais livres de oxigênio são muito altos, eles podem sobrecarregar as enzimas antioxidantes do corpo que normalmente os mantêm sob controle. A superoxidodismutase (SOD) é uma dessas enzimas. O grupo contou com a IA para projetar uma nanoenzima melhor para tratar a queda de cabelo.

A equipe preparou adesivos de microagulhas e tratou modelos de camundongos afetados por calvície. Em 13 dias, os animais regeneraram fios de cabelo mais grossos que cobriam mais densamente suas costas, anteriormente calvas, um resultado superior em comparação com os apresentados por ratos tratados com testosterona ou minoxidil.

O que é calvície

Cientistas criam adesivos de microagulhas que restauram calvície (Imagem: Karolina Grabowska/Pexels)
Cientistas criam adesivos de microagulhas que restauram calvície (Imagem: Karolina Grabowska/Pexels)

Conforme indica o Ministério da Saúde, a calvície é uma condição que afeta mais os homens, pois a queda dos cabelos está diretamente associada à presença dos hormônios sexuais masculinos, de modo especial à presença da testosterona.

A Pasta afirma que as duas principais causas da queda permanente dos cabelos são a hereditariedade e os hormônios masculinos. Ambos promovem o enfraquecimento dos folículos (bulbos) capilares e aceleram a queda definitiva. Com exceção à calvície hereditária, nos outros casos, ela pode ser evitada ou retardada com alguns medicamentos.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: