Mercado fechará em 5 h 33 min
  • BOVESPA

    130.517,79
    +1.076,76 (+0,83%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.172,71
    -113,75 (-0,22%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,69
    +0,78 (+1,10%)
     
  • OURO

    1.866,90
    -12,70 (-0,68%)
     
  • BTC-USD

    40.845,03
    +5.087,79 (+14,23%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.014,77
    +45,93 (+4,74%)
     
  • S&P500

    4.238,16
    -9,28 (-0,22%)
     
  • DOW JONES

    34.341,75
    -137,85 (-0,40%)
     
  • FTSE

    7.152,30
    +18,24 (+0,26%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    29.161,80
    +213,07 (+0,74%)
     
  • NASDAQ

    14.012,75
    +18,50 (+0,13%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1620
    -0,0306 (-0,49%)
     

Cientistas buscam forma de diminuir o risco de contaminação na roupa íntima espacial

·2 minuto de leitura
Cientistas buscam forma de diminuir o risco de contaminação na roupa íntima espacial
Cientistas buscam forma de diminuir o risco de contaminação na roupa íntima espacial

Após anunciar que pretende recrutar astronautas para uma viagem à Lua, um grupo de cientistas da Agência Espacial Europeia pesquisa uma forma de diminuir o risco de contaminação biológica nos trajes íntimos espaciais, peça fundamental da vestimenta compartilhada ​​com frequência, por exemplo, pelos astronautas que estão na Estação Espacial Internacional.

No caso dos astronautas que fazem a chamada caminhada espacial fora da estação, o caso é ainda pior. Eles precisam utilizar várias camadas de roupas de proteção, que inclui: uma fralda descartável, um par de roupas íntimas e uma vestimenta refrigerada. Logo, dá para imaginar que compartilhar esses trajes não deve ser nada agradável, além de deixar os outros membros da tripulação expostos a algum tipo de resíduo.

Higiene no espaço é fundamental

O especialista Christophe Lasseur foi um dos que reforçou que todos que estão a bordo da Estação Espacial devem se preocupar com a higiene. Lasseur declarou ao Futurism que os astronautas utilizam suas roupas em dias alternados. Ele acrescenta que eventualmente as vestimentas são descartadas, mas existem alguns itens que precisam ser compartilhados.

Astronauta na caminhada espacial
Traje espacial também está sujeita ao risco de contaminação biológica. Imagem: Vadim Sadovski/Shutterstock

Já a engenheira de materiais da ESA, Malgorzata Holynska, disse que os trajes para voos espaciais também estão sujeitos a contaminação. A roupa interior de um traje espacial, segundo a pesquisadora, pode representar riscos principalmente em voos de longa duração. Pensando nisso, Holynska e seus colegas estão tentando encontrar materiais que possam eliminar qualquer vestígio desagradável restante.

Outra equipe do Fórum Espacial Austríaco também estuda uma maneira de imitar as qualidades antimicrobianas de materiais como o cobre ou a prata, mas sem correr o risco de provocar alguma irritação na pele dos astronautas.

Leia mais:

Por ora, os cientistas estão expondo todos os materiais testados em condições extremas semelhantes às do espaço, incluindo radiação e uma simulação da poeira lunar, já que em breve os astronautas podem retornar à superfície lunar.

Fonte: Futurism

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!