Mercado abrirá em 7 h 11 min

Ciência está a um passo da 'cura' da acne; saiba mais

(Pixabay)

Um dos problemas mais comuns da adolescência e presente em alguns casos na vida adulta, a acne pode estar com os dias contados. Pesquisadores descobriram que a aplicação de anticorpos em um fator conhecido como CAMP (Christie-Atkins-Munch-Peterson) consegue reduzir a inflamação das lesões típicas da condição.

“Uma vez validado por um ensaio clínico de larga escala, o impacto potencial das nossas descobertas é enorme para as centenas de milhões de indivíduos que sofrem de acne vulgar”, explica do Dr. Chun-Ming Huang da Universidade da Califórnia em San Diego, nos Estados Unidos.

De acordo com os pesquisadores, a descoberta representa um importante passo para a criação de uma vacina eficaz que evitaria os efeitos adversos da medicação disponível hoje em dia. “As opções atuais de tratamento muitas vezes não são eficazes ou toleráveis para muitos dos 85% dos adolescentes e mais milhões de adultos que sofrem dessa condição inflamatória cutânea multifatorial. Novas terapias seguras e eficientes são extremamente necessárias,” explica o Dr. Chun-Ming Huang.

Os testes foram realizados com camundongos e em células de pele humana e mostraram que a aplicação de anticorpos monoclonais reduz a chamada resposta inflamatória. Saiba mais sobre o estudo aqui.