Mercado fechado
  • BOVESPA

    109.026,72
    +2.730,54 (+2,57%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.923,96
    +34,30 (+0,07%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,48
    -0,28 (-0,33%)
     
  • OURO

    1.808,20
    +11,90 (+0,66%)
     
  • BTC-USD

    62.747,96
    +2.303,09 (+3,81%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.501,56
    +1.258,88 (+518,74%)
     
  • S&P500

    4.565,95
    +21,05 (+0,46%)
     
  • DOW JONES

    35.727,88
    +50,86 (+0,14%)
     
  • FTSE

    7.222,82
    +18,27 (+0,25%)
     
  • HANG SENG

    26.132,03
    +5,10 (+0,02%)
     
  • NIKKEI

    28.600,41
    -204,44 (-0,71%)
     
  • NASDAQ

    15.506,50
    +165,50 (+1,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4501
    -0,1307 (-1,99%)
     

Cidade de SP retoma vacinação com AstraZeneca até esta sexta (17)

·2 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O prefeito Ricardo Nunes (MDB) disse nesta quinta-feira (16) que a cidade de São Paulo deverá retomar o uso do imunizante da AstraZeneca contra a Covid-19 até esta sexta-feira (17).

"Estamos recebendo 204 mil doses da AstraZeneca. Vai chegar hoje [quinta] nos nossos centros de distribuição. Será feita a colocação dessas vacinas nas unidades da cidade e a gente retoma a vacinação de segunda dose da AstraZeneca", afirmou.

Ele comentou o assunto durante a inauguração do Teia Vila Nova Curuçá, na zona leste, o 14º espaço de trabalho colaborativo mantido pela prefeitura. "[Devemos retomar] hoje [quinta] à tarde ou no máximo amanhã [sexta]. Vai depender da logística. O Ministério da Saúde enviou para o governo do estado, que vai repassar para a gente", disse.

A falta de doses da AstraZeneca desde o último dia 9 levou a Secretaria Municipal da Saúde a aplicar, desde segunda (13), imunizantes da Pfizer para as pessoas que ainda não haviam conseguido completar o esquema vacinal dentro do prazo.

Essa tática de usar um imunizante de marca diferente é chamado de intercambialidade. E, segundo especialistas, não há problema em usar na segunda dose um imunizante de um fabricante diferente da primeira dose.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, até esta quarta-feira (15), foram 134.790 aplicações de Pfizer como segunda dose para aqueles que tomaram a AstraZeneca na primeira dose.

As 204.880 doses que a cidade de São Paulo receberá representam 45% de todas as 456 mil doses recebidas pelo estado de São Paulo nesta quarta.

Em nota, a prefeitura lembrou que o lote de AstraZeneca só será usado para a segunda dose. Desde quarta (15), a capital está aplicando da Pfizer para terceira dose da vacina contra a Covid-19 em idosos. Esta vacina também é a única autorizada para menores de idade e a cidade também está vacinando jovens de 12 a 17 anos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos