Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.256,36
    -3.411,42 (-2,95%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.310,27
    -841,11 (-1,86%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,47
    +0,25 (+0,40%)
     
  • OURO

    1.769,10
    -28,80 (-1,60%)
     
  • BTC-USD

    48.493,27
    +163,94 (+0,34%)
     
  • CMC Crypto 200

    969,17
    -25,50 (-2,56%)
     
  • S&P500

    3.829,34
    -96,09 (-2,45%)
     
  • DOW JONES

    31.402,01
    -559,85 (-1,75%)
     
  • FTSE

    6.651,96
    -7,01 (-0,11%)
     
  • HANG SENG

    30.074,17
    +355,93 (+1,20%)
     
  • NIKKEI

    30.168,27
    +496,57 (+1,67%)
     
  • NASDAQ

    12.788,00
    -514,00 (-3,86%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7354
    +0,1649 (+2,51%)
     

Cidade do RJ pode suspender vacinação da COVID por falta de doses, diz prefeito

Fidel Forato
·2 minuto de leitura

A vacinação contra o novo coronavírus (SARS-CoV-2) pode ser paralisada na cidade do Rio de Janeiro na próxima quarta-feira (17) por falta de doses do imunizante. O anúncio sobre a falta de doses da vacina contra a COVID-19 foi feito pelo próprio prefeito do Rio, Eduardo Paes, através de suas redes sociais.

“Recebi a notícia de que não chegaram novas doses. Teremos que interromper amanhã a nossa campanha. Hoje vacinamos pessoas de 84 anos e amanhã de 83. Estamos prontos e já vacinamos 244.852. Só precisamos que a vacina chegue. Nova leva deve chegar do Butantan na próxima semana”, afirmou o prefeito do Rio de Janeiro.

"Havia a expectativa de chegada de mais doses, isso não aconteceu, quando o secretário de Saúde informou isso pela manhã, eu já fiz a comunicação de que teríamos que suspender na quarta-feira. E há uma expectativa de entrega de doses por parte do Butantan na semana que vem. Assim que as doses chegarem a gente retoma. A gente quer acelerar isso", declarou o prefeito.

Volta da vacinação e segunda dose

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, o calendário de imunização contra a COVID-19 deve retornar na próxima segunda (22), quando a prefeitura espera receber novas doses do imunizante através do Ministério da Saúde. “Infelizmente, a gente vai ter que interromper o calendário, voltar para o calendário original, porque a gente antecipou uma semana o calendário no Rio", comentou Soranz.

Vacinação contra a COVID-19 deve ser paralisada na cidade do Rio de Janeiro por falta de doses (Imagem: Reprodução/ Thirdman/ Pexels)
Vacinação contra a COVID-19 deve ser paralisada na cidade do Rio de Janeiro por falta de doses (Imagem: Reprodução/ Thirdman/ Pexels)

“Quem tem 82 anos tem que procurar os postos na semana que vem, voltando ao calendário original”, afirmou o secretário. Isso porque, anteriormente, o planejamento de imunização foi adiantado. Independente desse adiamento temporário, a expectativa da prefeitura é que seja possível vacinar todos os idosos com mais de 60 anos até o fim de março.

Vale destacar que a segunda dose está garantida, segundo o secretário, para os profissionais de saúde e idosos. “A segunda dose está reservada, a gente já começa na segunda-feira a aplicar a segunda dose em alguns institutos de longa permanência de idosos. Profissionais de saúde que tomaram a primeira dose no dia 20 de janeiro, também terão a aplicação desta dose amanhã, 16 de fevereiro. Vamos aproveitar o feriado de carnaval para poder aplicar a dose”, informou.

Além da cidade do Rio de Janeiro, em Ananindeua, no estado de Belém, a vacinação contra a COVID-19 também foi interrompida por falta de doses do imunizante no último domingo (14).

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: