Mercado abrirá em 3 h 39 min
  • BOVESPA

    109.786,30
    +2.407,38 (+2,24%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.736,48
    +469,28 (+1,11%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,50
    +0,59 (+1,31%)
     
  • OURO

    1.809,00
    +4,40 (+0,24%)
     
  • BTC-USD

    19.027,04
    +173,06 (+0,92%)
     
  • CMC Crypto 200

    377,27
    +7,52 (+2,03%)
     
  • S&P500

    3.635,41
    +57,82 (+1,62%)
     
  • DOW JONES

    30.046,24
    +454,97 (+1,54%)
     
  • FTSE

    6.460,86
    +28,69 (+0,45%)
     
  • HANG SENG

    26.637,75
    +49,55 (+0,19%)
     
  • NIKKEI

    26.296,86
    +131,27 (+0,50%)
     
  • NASDAQ

    12.117,00
    +41,00 (+0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4144
    +0,0175 (+0,27%)
     

‘Cidade iPhone’ tem 120 mil trabalhando 24 horas para lançar celular da Apple

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
Funcionárias da Foxconn, na China; a empresa fabrica iPhones para a Apple. (Foto: REUTERS/Bobby Yip)
Funcionárias da Foxconn, na China; a empresa fabrica iPhones para a Apple. (Foto: REUTERS/Bobby Yip)

Imagine uma cidade inteira se movendo em torno de um único objetivo: fabricar milhões de iPhones 12, o mais recente modelo de smartphone da Apple, programado para ser lançado na próxima sexta-feira (23).

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

É o que acontece no município de Zhengzhou, na China, onde está instalada a maior fábrica da Foxconn, empresa responsável pela fabricação dos aparelhos, que depois chegam aos bolsos dos consumidores Apple no mundo todo.

Leia também:

Com a alta demanda, a empresa emprega no momento cerca de 120 mil funcionários, que trabalham 24 horas por dia para dar conta do prazo, segundo informações do jornal South China Morning.

As jornadas valem para os trabalhadores R$ 25 a hora, em média, com bônus que chegam a R$ 7,8 mil para quem for capaz de encarar 55 dias de trabalho diretos sem folga.

Com a alta demanda, o volume de funcionários precisou ser expandido, e para isso, a empresa foi buscar mão de obra em municípios vizinhos. Resultado: estações lotadas com o fluxo de gente vindo trabalhar nas linhas de montagem do iPhone 12.

A estimativa é de que somente neste ano, 75 milhões de iPhones 12 – que tem o 5G e melhorias de câmera como principais atrativos para quem estiver disposto a pagar cerca de R$ 7 mil a unidade no Brasil – sejam produzidos.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube