Mercado fechará em 6 h 24 min
  • BOVESPA

    112.925,55
    -868,73 (-0,76%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.192,33
    0,00 (0,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,81
    -0,80 (-1,10%)
     
  • OURO

    1.750,20
    -6,50 (-0,37%)
     
  • BTC-USD

    47.391,47
    -558,30 (-1,16%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.204,36
    -21,17 (-1,73%)
     
  • S&P500

    4.462,76
    -10,99 (-0,25%)
     
  • DOW JONES

    34.693,94
    -57,38 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.034,27
    +6,79 (+0,10%)
     
  • HANG SENG

    24.920,76
    +252,91 (+1,03%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,71 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.520,25
    +2,50 (+0,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2567
    +0,0719 (+1,16%)
     

Cidade de criptomoedas do cantor Akon não saiu do papel

·3 minuto de leitura
Cantor Akon
Cantor Akon

Muita promessa foi feita pelo cantor Akon sobre uma cidade no Senegal, da qual seria a primeira do mundo totalmente ligada ao mercado de criptomoedas.

Essa ideia encheu a população local de esperança, visto que a tecnologia e o novo meio financeiro levaria inovação e emprego para uma região — que não tem nem o mínimo acesso aos serviços vislumbrados por Akon.

De origem senegalesa, o cantor chegou a anunciar o projeto de uma criptomoeda com seu nome, a AKoin, cujo objetivo era levar esperança para a África, um continente arrasado por guerras civis e grande desigualdade social.

Em 2020, Akon chegou a dizer que criaria uma cidade futurística da qual seria a “Wakanda” do futuro. Mas, apesar de ter alvará de funcionamento, o projeto ainda não saiu do papel.

Cantor Akon comentou sobre projeto de cidade com criptomoedas e sumiu, afirma população do Senegal

De acordo com o site AfricaNews, após obter o alvará de funcionamento, o cantor Akon chegou a inaugurar sua cidade, colocando uma pedra do marco zero no local onde planejava construir arranha-céus.

Muitas pessoas já planejavam, então, começar a trabalhar no projeto, já que ele que iria gerar emprego e renda para a população local. Contudo, o mato já tomou conta da pedra fundamental instalada e, como ironia, já até viu um cartaz preso no rochedo após o abandono do projeto.

Será que o projeto visionário foi apenas um sonho?

Um trabalhador do turismo na região disse que o projeto foi inaugurado com muitas promessas, mas quase nada foi feito no local ainda, mesmo após um bom tempo do anúncio.

A chamada Akon City teria um projeto inspirado em Wakanda, mergulhado no universo de quadrinhos da Marvel, sendo um farol de inovação no território africano.

A cidade com o nome do cantor Akon ainda seria a primeira do continente a trabalhar apenas com criptomoedas, algo que despertou a atenção dos investidores do criptomercado para o cenário promissor.

Mesmo assim, após sua suposta inauguração, em 31 de agosto de 2020, nada saiu do papel até hoje, deixando a população local desanimada.

Mais de US$ 4 bilhões foi reunido para construção do projeto

O orçamento do Senegal em todo decorrer do ano de 2020 todo foi de US$ 7,5 bilhões. Com uma população estimada em 16 milhões de pessoas, 40% vive abaixo da linha da pobreza, segundo o Banco Mundial.

No entanto, o projeto do cantor para sua fantástica e moderna cidade já teria arrecadado US$ 4 bilhões — ou seja, mais da metade de todo o orçamento do país para um ano. O principal investidor da ideia foi — e é — um empresário queniano, conforme afirmou a reportagem que cobriu o caso.

Com várias pessoas da região desiludidas, a equipe da AFP tentou contato com Akon e seus assessores de comunicação, mas não conseguiu uma resposta sobre o caso.

Mesmo assim, um dos responsáveis pela construção da cidade afirmou que as obras deverão começar em outubro, após o término de outra obra similar que está em andamento no Quênia.

Dessa forma, os senegalenses acompanham o caso de perto. Afinal, alguns ainda possuem esperança de obter uma vida melhor nessa cidade.

Fonte: Livecoins

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos