Mercado abrirá em 2 h 46 min
  • BOVESPA

    106.363,10
    -56,43 (-0,05%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.714,60
    -491,99 (-0,94%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,28
    -0,38 (-0,46%)
     
  • OURO

    1.802,30
    +3,50 (+0,19%)
     
  • BTC-USD

    60.754,61
    +1.713,64 (+2,90%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.464,68
    -9,65 (-0,65%)
     
  • S&P500

    4.551,68
    -23,11 (-0,51%)
     
  • DOW JONES

    35.490,69
    -266,19 (-0,74%)
     
  • FTSE

    7.230,44
    -22,83 (-0,31%)
     
  • HANG SENG

    25.555,73
    -73,01 (-0,28%)
     
  • NIKKEI

    28.820,09
    -278,15 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    15.657,50
    +70,25 (+0,45%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4511
    +0,0264 (+0,41%)
     

Ciclista amador de 65 anos sofre queda e morre em prova no interior de SP

·1 minuto de leitura
A prova amadora L'Étape Brasil é realizada desde 2015 e tem a chancela da Volta da França - On Board Sports/Divulgação
A prova amadora L'Étape Brasil é realizada desde 2015 e tem a chancela da Volta da França - On Board Sports/Divulgação

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O engenheiro e ciclista amador Fredy Tejada, 65, morreu no domingo (26) após uma queda durante a prova L'Étape Brasil, em Campos do Jordão, interior de São Paulo. 

Segundo a organização do evento, o acidente ocorreu na altura do quilômetro 38 na rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro, por volta das 8h30. O ciclista foi levado de helicóptero para o Hospital Regional de Taubaté, mas não resistiu. O óbito, ainda de acordo com a organização, foi confirmado pela equipe médica às 20h30. 

Leia também:

De acordo com amigos e companheiros de prova, Tejada sofreu traumatismo craniano. Procurado pela Folha de S.Paulo, o hospital de Taubaté diz não ter permissão da família para conceder informações. 

A corrida amadora L'Étape Brasil, realizada no Brasil desde 2015, é chancelada pela Volta da França, a mais tradicional prova do ciclismo de estrada mundial. 

O velejador Bruno Prada, 50, medalha de prata nos Jogos Olímpico de Pequim-2008 e Londres-2012, é o responsável pela prova no Brasil. Ele preferiu se manifestar por meio de nota da organização. 

"A organização do L'Étape Brasil by Tour de France lamenta o ocorrido e presta profundas condolências à família de Fredy, uma pessoa querida por todos e um dos fidelis da prova. Fidelis são participantes que competiram em todas as edições do L'Étape Brasil e o Fredy era um apaixonado pelo ciclismo", diz o texto. "Nossa única preocupação neste momento de dor é confortar a família."

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos