Mercado fechará em 25 mins

Ciclista acidentado se passou por mulher antes de matá-la, diz polícia

Reprodução/TV Anhanguera

A investigação do assassinato de uma mulher por ciclista que morreu em acidente instantes depois de matá-la ganhou novos contornos. A delegada que investiga o caso, que ocorreu em Goiânia (GO), acredita que Marcos Lima dos Santos se passou pela vítima, Geane Silva de Oliveira, em mensagens após o crime.

A polícia encontrou o corpo da mulher, já sem vida, em um quarto de hotel. Ela sustentava cortes no pescoço e, nas paredes do local, havia um texto assinado por Marcos falando que os dois eram amantes e que o relacionamento havia durado um ano. Ao lado de Geane, ele deixou uma carta endereçada a outra mulher, chamada Sônia e ainda não identificada, pedindo desculpas.

À TV Anhanguera, a delegada Magda D’Ávila afirmou que Marcos teria feito postagens no Facebook e trocado mensagens com o marido de Geane como se fosse ela. O relacionamento extraconjugal entre os dois não foi mencionado.

Câmeras do hotel onde Marcos e Geane se hospedaram pouco antes dele assassiná-la mostram o casal entrando junto e o homem saindo sozinho do local na manhã de domingo. Ele teria dito à mulher da recepção que Geane ficaria dormindo até mais tarde.

Instantes depois, ele morreu ao colidir com um caminhão na BR-153. O motorista do veículo relatou à polícia que o ciclista seguia na contramão.