Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,13 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    +0,46 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.763,90
    -10,90 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    35.573,92
    -609,82 (-1,69%)
     
  • CMC Crypto 200

    888,52
    -51,42 (-5,47%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.103,00
    -62,50 (-0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0361
    +0,0736 (+1,23%)
     

“Ciberataque organizado” afeta filiais da JBS no Canadá e Austrália

·2 minuto de leitura
“Ciberataque organizado” afeta filiais da JBS no Canadá e Austrália
“Ciberataque organizado” afeta filiais da JBS no Canadá e Austrália

As filiais da JBS no Canadá e Austrália foram vítimas de um “ciberataque organizado” que paralisou algumas das operações da empresa no último domingo (31/5). Segundo um comunicado emitido por porta-vozes à Bloomberg, duas plantas tiveram suas redes desligadas e a JBS afirma que “algumas transações” poderão sofrer atrasos.

A notícia vem nos calcanhares de uma confirmação feita pela Microsoft, na semana passada, de que os hackers responsáveis pela invasão à empresa de software SolarWinds executaram novas ações de ataque cibernético. Entretanto, não há informação de que os dois casos tenham conexão.

Leia também

Um ciberataque organizado levou a  JBS a fechar plantas de carnes no Canadá (foto) e Austrália
Planta da JBS em Alberta, no Canadá, teve que ser fechada devido a um ciberataque direcionado à empresa. Imagem: CTV News Calgary/Reprodução

Segundo as informações divulgadas, o ataque paralisou as atividades de processamento de carne no Canadá – especificamente, em Alberta -, além de suspender temporariamente atividades de matadouro de bois e cordeiros na Austrália. Nos EUA, alguns turnos nas áreas de chão de fábrica também foram cancelados, segundo uma postagem do sindicato local.

A planta canadense, segundo especialistas, corresponde a pouco mais de um quarto de toda a produção de carne do país, processando aproximadamente 4,2 mil cabeças de gado por dia. Segundo Scott Payne, representante sindical da região, a planta não tem trabalhadores sindicalizados: “isso significa que as operações da planta foram desligadas o dia todo”, ele disse em entrevista à Bloomberg.

A JBS não comentou sobre o ataque além do comunicado enviado à agência por e-mail.

Ciberataque organizado não afetou só a JBS

As indústrias essenciais (“commodities”) viraram o alvo preferencial de hackers em meio à pandemia da Covid-19. Antes do ciberataque organizado destinado à JBS, tivemos a invasão à empresa de software SolarWinds, que tem como clientes várias organizações não governamentais, agências do governo dos Estados Unidos e outras empresas de tecnologia.

Neste caso, o ataque foi tão intenso que causou o desligamento da Colonial Pipeline, o maior oleoduto dos EUA e um dos maiores do mundo.

Entretanto, é importante ressaltar que, ao menos por enquanto, não há qualquer relação estabelecida entre os dois fatos: o ataque à SolarWinds foi um caso de ransomware (quando hackers “sequestram” seus dados por criptografia e exigem pagamento de resgate – geralmente por criptomoedas). A JBS não sinalizou ter sido essa a intenção aqui.

Mais além, a principal produtora e exportadora de carne do mundo ressaltou que os servidores de backup seguem funcionando normalmente, então o ataque limitou-se apenas às redes principais das duas plantas. Com sua matriz localizada em São Paulo, a JBS não informou se as operações daqui sentiram qualquer impacto.

Ainda não há informação de suspeitos da autoria do ataque.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos