Mercado abrirá em 2 h 10 min

Chuvas em SP: Governo confirma morte de caminhoneiro em Botucatu; duas pessoas seguem desaparecidas

Foto: MIGUEL SCHINCARIOL/AFP via Getty Images)

O governo de SP confirmou, na noite desta segunda-feira (10) a morte de um caminhoneiro em Botucatu (a 238 km de SP). Duas pessoas continuam desaparecidas.

O caminhão em que ele estava caiu na cratera que se abriu na Rodovia SP 300 (Marechal Rondon). O corpo do motorista foi encontrado às margens de um córrego em local de difícil acesso.

Leia também

Botucatu está em estado de emergência e calamidade. Ao todo, dez famílias estão desabrigadas.

De acordo com dados meteorológicos, 122 milímetros de chuva foram registrados entre meia-noite e 4h, causando mais de 40 pontos de alagamentos. Houve registros de carros que caíram em crateras, quedas de muros, de árvores e até o desabamento de uma ponte.

Outras quatro pontes, que ligam a região central da cidade a outros bairros, foram interditadas por apresentarem riscos estruturais.

O ginásio municipal Mario Covas Júnior foi transformado em abrigo temporário para as famílias desabrigadas, que serão acompanhadas pela assistência social da cidade.

Equipes da Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e Guarda Municipal realizam desde as primeiras horas do dia atendimento as famílias prejudicadas pela chuva, além da interdição de via e imóveis que apresentam riscos. O fundo social da cidade já pede por doações para auxiliar as vítimas como produtos de higiene, roupa de cama, móveis, colchões.

***Da Folhapress