Mercado abrirá em 8 h 35 min
  • BOVESPA

    113.812,87
    +105,11 (+0,09%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.729,80
    -4,24 (-0,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    90,15
    -0,35 (-0,39%)
     
  • OURO

    1.766,10
    -5,10 (-0,29%)
     
  • BTC-USD

    22.797,63
    -637,10 (-2,72%)
     
  • CMC Crypto 200

    542,00
    -15,73 (-2,82%)
     
  • S&P500

    4.283,74
    +9,70 (+0,23%)
     
  • DOW JONES

    33.999,04
    +18,72 (+0,06%)
     
  • FTSE

    7.541,85
    +26,10 (+0,35%)
     
  • HANG SENG

    19.852,92
    +89,01 (+0,45%)
     
  • NIKKEI

    28.933,61
    -8,53 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    13.499,00
    -24,25 (-0,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2115
    -0,0023 (-0,04%)
     

Chuva de meteoros terá pico esta noite; descubra como ver

Meteoros: Evento astrológico acontece na noite desta quinta-feira (28)
Meteoros: Evento astrológico acontece na noite desta quinta-feira (28)
  • A Piscis Austrinids é uma chuva de meteoros fraca com apenas 5 estrelas cadentes;

  • Aplicativos de observação astrológica podem ajudar na observação do fenômeno;

  • O acontecimento ocorre todos os anos entre os meses de julho e agosto.

Admiradores de eventos gastronômico poderão observar um trio de chuvas de meteoros deve cruzar o céu nesta semana. A Piscis Austrinids é a primeira das passagens. Ela atinge o pico na noite de hoje (28) para sexta-feira (29).

Essa será uma uma chuva fraca, com cerca de cinco "estrelas cadentes". Para quem quiser observar o evento, melhor horário é entre 23h e 4h da madrugada do dia 29, quando ela estará mais alta no céu.

Uma forma de acompanhar exatamente em que ponto as estrelas cadentes estão é através de um aplicativo de observação. Existem diferentes opções, como Stellarium, Skywalk, Starchart e Sky Safari.

Uma vez por ano, a Piscis Austrinids fica ativa. O acontecimento ocorre entre os dias 15 de julho e 10 de agosto

Esse é o momento em que a Terra atravessa uma trilha de detritos de um corpo desconhecido. É importante ressaltar que o pico ocorre quando passamos pela área mais densa do rastro.

Como explicação para a ocorrência, os astrônomos mantém a teoria de que a origem seja da derivação de um antigo cometa que já se desintegrou.

No momento em que as microrrochas atingem a nossa atmosfera em alta velocidade, passam a ser aquecidas e geram o fenômeno luminoso que chamamos de meteoro.

Para quem quer acompanhar mais eventos astronômicos, no sábado, será a vez das chuvas Delta Aquáridas do Sul e Capricórnidas chegarem ao pico no céu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos