Mercado fechado
  • BOVESPA

    125.052,78
    -1.093,88 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.268,45
    +27,94 (+0,06%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,17
    +0,26 (+0,36%)
     
  • OURO

    1.802,10
    -3,30 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    34.480,41
    +699,32 (+2,07%)
     
  • CMC Crypto 200

    786,33
    -7,40 (-0,93%)
     
  • S&P500

    4.411,79
    +44,31 (+1,01%)
     
  • DOW JONES

    35.061,55
    +238,20 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.027,58
    +59,28 (+0,85%)
     
  • HANG SENG

    27.321,98
    -401,86 (-1,45%)
     
  • NIKKEI

    27.548,00
    +159,80 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.091,20
    +162,75 (+1,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1216
    +0,0014 (+0,02%)
     

Chrome vai simplificar a vida de quem precisa reabrir muitas abas de uma vez só

·3 minuto de leitura

Faz parte do cotidiano com navegadores o fato de fechar guias por acidente enquanto navega, seja clicando por engano, seja abusando dos atalhos do teclado. Essa interrupção, por sua vez, se torna ainda pior quando o assunto é ressuscitar abas anteriormente agrupadas, em que o usuário é obrigado a reabrir uma a uma e, mais uma vez, restabelecer o vínculo entre elas.

Finalmente, o Google parece trabalhar em uma solução para esse problema no Chrome. No canal de testes Chrome Canary, atualmente na versão 93, usuários podem ativar a reabertura de guias em grupo a partir do histórico. Em vez de clicar em cada uma das abas, um único toque sobre o grupo reativa todas elas simultaneamente — e novamente reunidas.

Para isso, é necessário estar na última versão do Chrome Canary e ativar uma flag oculta no menu chrome://flags, acessível por meio da barra de endereços. Na sequência, use a barra de ferramentas para encontrar a opção “Show app menu history sub menus”, habilite a função de mesmo nome e, então, reinicie o navegador.

Guias podem ser reabertas individualmente ou em grupo a partir da seção "recentemente fechadas" (Imagem: Reprodução/Leopeva-64)
Guias podem ser reabertas individualmente ou em grupo a partir da seção "recentemente fechadas" (Imagem: Reprodução/Leopeva-64)

Se tudo deu certo, o navegador passará a apresentar guias agrupadas com suas respectivas cores na área “Recentemente fechadas”. Se você passar o mouse sobre elas, verá cada uma das guias incluídas na subseção. Assim, o usuário poderá tanto abrir cada página individualmente ou o grupo inteiro de uma só vez.

Novidade parecida foi flagrada meses atrás pelo mesmo usuário do Reddit, Leopeva-64. A diferença, no entanto, está disposição do grupo como subseções. Antes, não era possível abrir guias individuais se elas fossem fechadas junto ao grupo. A única opção era acessar o grupo inteiro e, depois, fechar as páginas não desejadas.

Por se tratar de uma versão em testes, o futuro do recurso não é garantido. Se o Google gostar da ideia e quiser preservá-la, não deve demorar para aparecer no canal Chrome Beta e, posteriormente, ser liberada para todos os usuários. Entretanto, não há nenhuma previsão para isso. Além disso, a novidade só foi encontrada no Chrome para desktop.

Melhorias nos favoritos

Ainda nesse contexto de múltiplas guias, o botão de “salvar todas as guias” como Favoritos deve se comportar de forma diferente em breve. Na ferramenta colaborativa Chromium Gerrit, o Google mostrou que trabalha em uma melhoria para a ferramenta de armazenamento de guias salvas — agora, dividindo-as em pastas de cada grupo.

“Quando o usuário tem um ou mais grupos de guias abertos e seleciona “salvar todas as guias”, em vez de obter uma pasta com uma lista de guias, ele agora terá pastas para cada grupo de guias, com o título de cada uma delas alinhadas às abas”, explica o Google. Se dois grupos apresentarem o mesmo nome, as guias serão combinadas em uma única pasta no índice do primeiro grupo.

Tal ajuste não é lá muito grandioso para a experiência com o Chrome, mas são conceitos bem básicos e coerentes para esse tipo de ferramenta — ainda mais no contexto de abas estarem interligadas por meio de grupos. Neste caso, a ferramenta não tem data para lançamento.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos