Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.786,43
    +113,67 (+0,10%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.298,20
    -104,50 (-0,20%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,25
    +1,29 (+1,55%)
     
  • OURO

    1.782,60
    +12,10 (+0,68%)
     
  • BTC-USD

    66.009,09
    +1.856,49 (+2,89%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.538,50
    +57,70 (+3,90%)
     
  • S&P500

    4.536,19
    +16,56 (+0,37%)
     
  • DOW JONES

    35.609,34
    +152,03 (+0,43%)
     
  • FTSE

    7.223,10
    +5,57 (+0,08%)
     
  • HANG SENG

    26.136,02
    +348,81 (+1,35%)
     
  • NIKKEI

    29.255,55
    +40,03 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    15.357,50
    -41,00 (-0,27%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5190
    +0,0228 (+0,35%)
     

Chrome testa recurso que torna histórico de navegação bem mais útil

·2 minuto de leitura

Os passeios pela internet nem sempre são lineares, especialmente se o usuário desenvolve um novo projeto mais longo ou está no processo de pesquisa por preços na web. Eventualmente, a navegação se embola tanto que nem o histórico do navegador serve para encontrar páginas consultadas anteriormente, já que a lista de páginas visitadas é praticamente infinita.

Pensando nesse problema, o Google decidiu repensar na apresentação do histórico no Chrome e criou as “jornadas” — um histórico de navegação categorizado por tópicos. Nessa seção, inserida como uma guia ao lado da tradicional lista, são agrupadas as páginas com base um termo específico, como viagens, produtos ou temas.

Cada jornada representa um tópico de pesquisa específico, em vez de apresentar tudo em uma lista genérica (Captura: Igor Almenara/Canaltech)
Cada jornada representa um tópico de pesquisa específico, em vez de apresentar tudo em uma lista genérica (Captura: Igor Almenara/Canaltech)

Por exemplo: se o usuário pensa em viajar para o Rio de Janeiro e está pesquisando em diferentes locais por acomodações, pontos turísticos e restaurantes para visitar ao longo da estadia, incluindo vídeos no YouTube, o Chrome conseguiria organizar as páginas acessadas em uma única “jornada”, a “Rio de Janeiro”.

Essa reconfiguração da página de histórico é um alento para quem usa a internet diariamente e costuma “parcelar” pesquisas ao longo de dias ou semanas. Em vez de salvar tudo em uma única pasta de favoritos manualmente, a jornada faria o trabalho automaticamente, acessível por uma simples pesquisa na página de histórico.

Ainda em desenvolvimento

No primeiro momento, a funcionalidade reunirá os endereços acessados somente pelo próprio dispositivo — ou seja, nada de sincronização entre históricos de diferentes aparelhos por enquanto. Contudo, se a novidade for bem recebida e funcionar bem, ela pode ser aprimorada para funcionar de qualquer navegador conectado à mesma conta.

O Google conta que a função pode ser desativada a qualquer momento, se a privacidade for uma preocupação. Vale ressaltar que limpar o histórico também elimina os agrupamentos do período excluído.

Depois de ativar, é necessário reiniciar o navegador para que entre em ação (Captura: Igor Almenara/Canaltech)
Depois de ativar, é necessário reiniciar o navegador para que entre em ação (Captura: Igor Almenara/Canaltech)

Atualmente, as "jornadas" estão disponíveis a partir do Chrome Canary (versão 96), como um recurso experimental — entre em chrome://flags/#history-journeys para encontrá-la rapidamente. Em testes feitos pelo CT, a novidade já está disponível ao lado do histórico, mas ainda não organiza bem os resultados, algo natural para algo em um estágio tão inicial de desenvolvimento.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos