Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.153,18
    -386,62 (-0,35%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.361,23
    +679,04 (+1,49%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,29
    +1,54 (+2,58%)
     
  • OURO

    1.713,10
    -20,50 (-1,18%)
     
  • BTC-USD

    50.922,01
    +3.103,94 (+6,49%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.018,13
    +30,04 (+3,04%)
     
  • S&P500

    3.836,79
    -33,50 (-0,87%)
     
  • DOW JONES

    31.409,92
    +18,40 (+0,06%)
     
  • FTSE

    6.675,47
    +61,72 (+0,93%)
     
  • HANG SENG

    29.880,42
    +784,56 (+2,70%)
     
  • NIKKEI

    29.559,10
    +150,93 (+0,51%)
     
  • NASDAQ

    12.715,00
    -340,25 (-2,61%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7501
    -0,1120 (-1,63%)
     

Chrome testa nova função estilo Google Reader

Igor Almenara
·2 minuto de leitura

O navegador mais famoso do mundo parece trabalhar em um recurso semelhante ao falecido Google Reader. A distribuição de testes do Chrome listou a opção “Seguir” no menu rápido e habilitá-la ainda não surte qualquer efeito, mas sua presença ali sugere a adição do recurso no futuro breve.

Flagrada pelo site Chrome Story, a versão de testes do Chrome de alguns celulares recebeu a novidade ainda em fase inicial de construção. O recurso ainda não funciona e indica que foi inserido apenas como uma preparação, mas sugere que será disponibilizado em breve para os usuários do acesso antecipado.

O botão “Seguir” pode facilmente remeter ao Google Reader, agregador de RSS encerrado em 2013 e que basicamente servia para que você acompanhasse as publicações de sites da web sem precisar acessar a página todo dia a fim de conferir as novidades — atualmente, o grande nome do setor é o Feedly. Atualmente, esse tipo de ferramenta está contida em uma variedade de navegadores e aplicativos, visto que é um ótimo meio para incentivar a leitura sem interrupções.

(Imagem: Chrome Story/Reprodução)
(Imagem: Chrome Story/Reprodução)

Quando foi desativado, os órfãos da ferramenta foram deixados com as opções alternativas e logo outros navegadores e apps para celular apresentaram propostas semelhantes. Felizmente, o Google parece interessado em resgatar a ferramenta dentro do Chrome.

Não seria estranho se a empresaweb mplementasse o Google Reader dentro do navegador. Seu conceito está de acordo com as mais recentes novidades dos apps da gigante — incentivo de leitura, apresentação sóbria de artigos, reunião de conteúdo de interesse — e pode ser de grande utilidade para quem passa horas no navegador consumindo artigos, mas que gostaria de ser notificado a cada novidade e ver tudo em uma página mais objetiva, tudo sem depender da instalação de apps.

No Chrome Canary ainda não há qualquer forma de testar a ferramenta. O menu de flags do navegador não apresenta recursos relacionados ao modo de leitura, permitindo apenas que a comunidade aguarde maiores novidades. Por se tratar de uma ferramenta em testes, a previsão de lançamento permanece um mistério até mesmo para a distribuição de testes do Chrome.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: