Mercado fechado
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,99 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,15
    -10,24 (-13,06%)
     
  • OURO

    1.788,10
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    54.557,36
    -97,03 (-0,18%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.365,60
    -89,82 (-6,17%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,04 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    24.080,52
    -659,64 (-2,67%)
     
  • NIKKEI

    28.751,62
    -747,66 (-2,53%)
     
  • NASDAQ

    16.051,00
    -315,00 (-1,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3485
    +0,1103 (+1,77%)
     

Chrome 95 chega com novo visual Material You, pagamentos seguros e muito mais

·4 min de leitura

O evento de lançamento do Pixel 6 e a chegada do Android 12 foram destaques em todo o mundo, mas outra novidade também foi anunciada e não pode passar despercebida: o Chrome 95. A partir de agora, o Google passará a atualizar seu navegador em ciclos de quatro semanas, em vez das seis tradicionais, o que deve oferecer menos recursos a cada atualização, mas uma rotina aprimorada de adições constantes.

A primeira novidade é o desembarque oficial do design visual Material You de forma completa e como padrão para usuários do navegador no Android 12. Antes, isso era algo restrito a testadores e era preciso ativar alguns sinalizadores para o desfrute das mudanças.

O navegador agora chega com o esquema de cores inspirados no papel de parede, mais tonalidades, além de ícones e barras arredondados. Embora não tenha sido confirmado, é bem provável que outros aparelhos, mesmo os que ainda não foram agraciados com o novo sistema operacional, também obtenham suporte a aparência completa.

Mais segurança em pagamentos

Com os crimes virtuais mais em alta, o Google tem buscado formas de entregar mais proteção para evitar a ação de bandidos no roubo de dados ou interceptação de transações. Por isso, a empresa adicionou uma extensão de pagamento ao WebAuthn que exige uma confirmação bancária prévia antes da conclusão de solicitações de pagamento feitas por lojas online.

Mais uma cada extra de segurança nos pagamentos online (Imagem: Reprodução/Google)
Mais uma cada extra de segurança nos pagamentos online (Imagem: Reprodução/Google)

Os desenvolvedores explicaram se tratar de uma experiência já planejada por instituições bancárias em muitas regiões e deve começar a ganhar corpo internacionalmente a partir de agora. No exemplo mostrado, o usuário precisaria usar sua impressão digital para confirmar a transação, algo bastante plausível para quem tem notebooks com essa tecnologia de reconhecimento, mas distante para a maioria dos desktops.

De qualquer forma, como depende dos bancos para implantação, é provável que a novidade ainda leve algum tempo para ser plenamente acessível a todos os computadores.

Ferramenta conta-gotas

Uma ferramenta bastante usada no Photoshop e no Corel Draw é o conta-gotas, pois permite reproduzir a exata cor desejada de uma imagem com base na captura dos pixels. Agora, o Chrome para desktop contará com uma API chamada EyeDropper que fará exatamente isso: permitir que apps usem a opção para construir seletores de cores personalizadas.

A ferramenta possibilita copiar a cor de um pixel (Imagem: Google/Github)
A ferramenta possibilita copiar a cor de um pixel (Imagem: Google/Github)

Essas cores poderão ser exportadas para outros apps ou usadas em aplicações da web no próprio navegador, de modo integrado e sem depender de soluções externas alternativas. Como é uma ferramenta voltada para terceiros, possivelmente ainda não será possível usar o conta-gotas como um recurso nativo do navegador, embora isso possa ocorrer futuramente.

Seletor de aplicativos da web

Os webapps permanecem em alta e cada vez mais utilizados pelo usuário, razão pela qual o Chrome permitirá que essas soluções se registrem como manipuladores de URL para permitir o uso de soluções alternativas para executar determinados arquivos. Isso é algo que já existia de uma forma similar no Android, mas que chega agora para desktop com objetivo de impulsionar o uso e facilitar a seleção dos programas.

Essa possibilidade estava em testes desde o Chrome 93 e já foi implementado no Microsoft Edge há algum tempo, portanto não é surpresa ela ter chegado neste momento — por enquanto, deve ser algo mais voltado para os desenvolvedores, mas será possível ver a aplicação futura em breve.

Salvar grupos de guias

A organização de guias é uma funcionalidade em constante aprimoramento, porque ajuda na produtividade da navegação. O Chrome 95 para desktop adicionou a opção de salvar grupos de guias para uso posterior, o que evitará a necessidade de acessar o histórico de navegação ou reconstruir manualmente as abas antigas fechadas há mais tempo.

Agora, dá para salvar suas guias organizadas e evitar ter que ajustá-las manualmente no futuro (Imagem: Reprodução/Google)
Agora, dá para salvar suas guias organizadas e evitar ter que ajustá-las manualmente no futuro (Imagem: Reprodução/Google)

Por enquanto, isso não será algo nativo e será preciso ativar o sinalizador chrome://flags/#tab-groups-save para funcionar. Mesmo assim, é uma baita evolução que provavelmente será liberada para todos em algum momento nas próximas semanas.

Houve ainda algumas outras adições menores e com menor impacto na experiência do usuário, tais como: a possibilidade de salvar capturas de tela com a rolagem da tela no navegador (ainda precisa ser ativada com o sinalizador chrome:flags/#scroll-capture) e as mudanças no acesso a arquivos para sites ou aplicativos da web que permitem o upload deles.

Outra novidade foi o banimento definitivo do protocolo FTP, algo que já havia se iniciado com o fim do suporte no Chrome 88, mas que só se concretizou agora com a remoção total dos códigos existentes no navegador.

O novo Chrome 95 já está disponível e pode ser atualizado para quem usa versões anteriores. Os novos usuários podem baixar a versão mais recente diretamente no site do Google.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos