Mercado fechará em 6 h 46 min

Choque de preços do petróleo e outras commodities pode custar mais de 4% do PIB global, diz Trafigura

·1 min de leitura
Bombas de petróleo em campo de produção em Emlichheim, Alemanha

Por Julia Payne

LONDRES (Reuters) - A disparada dos preços de commodities do petróleo ao trigo após a invasão da Ucrânia pela Rússia pode custar à economia global o equivalente a pelo menos 4% de seu Produto Interno Bruto (PIB), disse a Trafigura nesta quarta-feira.

A Trafigura, com sede em Genebra, já esperava que o barril de petróleo pudesse atingir 150 dólares antes da invasão da Ucrânia e acredita que os preços podem subir ainda mais por causa da dificuldade de substituir o petróleo russo rapidamente, disse o economista-chefe da trading de commodities, Saad Rahim.

Alguns analistas esperam que o petróleo, negociado nesta quarta-feira a 115 dólares por barril, possa atingir 200 dólares ou mais.

"Um aumento de 100 dólares por barril nos preços terá um impacto de 3,5% a 4% no PIB global se permanecermos nesse nível durante todo o ano", disse Rahim, acrescentando que a crise também está elevando os preços de trigo e alimentos em todo o mundo, o que tornaria o impacto ainda maior.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos