Mercado fechará em 2 h 37 min

Chinesa Yahua faz acordo de 5 anos para suprir Tesla com lítio

Tom Daly
·1 minuto de leitura
.

Por Tom Daly

(Reuters) - A chinesa Sichuan Yahua Industrial disse nesta terça-feira que assinou um acordo de fornecimento de hidróxido de lítio para bateria à fabricante de veículos elétricos Tesla pelos próximos cinco anos.

A Yahua, com sede na província de Sichuan, sudoeste da China, estima o valor total do contrato, assinado por sua subsidiária Yaan Lithium, em 630 a 880 milhões de dólares entre 2021 e 2025, segundo documento enviado ao mercado.

Analistas da Daiwa Capital Markets disseram que o valor envolve a compra de 63 mil a 88 mil toneladas de hidróxido de lítio, ou 12,6 mil a 17,6 mil toneladas por ano.

Em maio, a Yahua colocou em operação uma planta de hidróxido de lítio de 20 mil toneladas por ano na cidade de Yaan, mais do que dobrando sua capacidade anterior, mesmo com os preços caindo às mínimas de vários anos em meio ao excesso de oferta e um golpe na demanda de lítio provocada pela pandemia da Covid-19.

A Tesla, que começou a entregar os primeiros veículos de sua em Xangai em dezembro passado, já obtém lítio da Ganfeng Lithium, da China, um dos maiores produtores mundiais do insumo.

A Tesla recebeu no mês passado permissão para começar a vender o veículo utilitário esportivo Model Y na China.

A empresa não respondeu imediatamente a um pedido de comentário nesta terça-feira.