Mercado fechará em 3 h 7 min
  • BOVESPA

    113.260,87
    +987,86 (+0,88%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.433,75
    -87,68 (-0,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,09
    +1,19 (+1,53%)
     
  • OURO

    1.943,40
    +4,20 (+0,22%)
     
  • BTC-USD

    23.157,53
    +27,07 (+0,12%)
     
  • CMC Crypto 200

    525,32
    +6,52 (+1,26%)
     
  • S&P500

    4.039,53
    +21,76 (+0,54%)
     
  • DOW JONES

    33.791,47
    +74,38 (+0,22%)
     
  • FTSE

    7.772,27
    -12,60 (-0,16%)
     
  • HANG SENG

    21.842,33
    -227,40 (-1,03%)
     
  • NIKKEI

    27.327,11
    -106,29 (-0,39%)
     
  • NASDAQ

    12.054,25
    +86,25 (+0,72%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5225
    -0,0245 (-0,44%)
     

China vai reprimir especulação nos preços do minério de ferro

Terminal de minério de ferro no porto de Dalian, China

PEQUIM (Reuters) - O planejador estatal da China disse nesta sexta-feira que intensificará os esforços para regular os preços do minério de ferro e reprimirá a especulação maliciosa do metal.

A Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma está muito preocupada com as flutuações dos preços de mercado do minério de ferro, pois notou um recente aumento acentuado e rápido, disse em um comunicado.

"Dado que os fundamentos da oferta e demanda do mercado de minério de ferro são geralmente estáveis, os rápidos aumentos de preços são obviamente especulativos", disse o planejador estatal.

O órgão reprimirá resolutamente as atividades ilegais, como manipulação de preços e especulação, para garantir o bom funcionamento do mercado, acrescentou.

Os preços do minério de ferro subiram nesta sexta-feira, com o contrato mais negociado na bolsa de Dalian encerrando as negociações diurnas com alta de 1,9%, a 855 iuanes (124,83 dólares) a tonelada, impulsionados pelos últimos movimentos da China para apoiar seu mercado imobiliário.