Mercado fechará em 5 h 21 min
  • BOVESPA

    113.627,27
    +2.443,32 (+2,20%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.377,47
    +695,28 (+1,52%)
     
  • PETROLEO CRU

    62,31
    +1,03 (+1,68%)
     
  • OURO

    1.712,30
    -3,50 (-0,20%)
     
  • BTC-USD

    50.340,93
    -1.305,93 (-2,53%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.009,55
    +22,34 (+2,26%)
     
  • S&P500

    3.835,18
    +15,46 (+0,40%)
     
  • DOW JONES

    31.438,92
    +168,83 (+0,54%)
     
  • FTSE

    6.643,86
    -31,61 (-0,47%)
     
  • HANG SENG

    29.236,79
    -643,63 (-2,15%)
     
  • NIKKEI

    28.930,11
    -628,99 (-2,13%)
     
  • NASDAQ

    12.661,25
    -20,50 (-0,16%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7353
    -0,0434 (-0,64%)
     

China vai manter liquidez ampla e apoiar recuperação sem estímulo excessivo, diz autoridade

·1 minuto de leitura
Sede do banco central da China

PEQUIM (Reuters) - O Banco do Povo da China vai manter a liquidez razoavelmente ampla e o suporte para uma recuperação econômica em 2021 sem recorrer a um excesso de estímulo, escreveu uma autoridade do banco central em artigo de revista publicado nesta quarta-feira.

Os juros serão mantidos em um nível apropriado, enquanto a liquidez será administrada por meio de ferramentas como a taxa de compulsório, reempréstimos, instrumento de empréstimo de médio prazo e operações de mercado aberto, de acordo com Sun Guofeng, chefe do departamento de política monetária.

"Em 2021, a situação doméstica e no exterior ainda é muito complexa, e a política monetária enfrenta muitos desafios", escreveu Sun no China Finance, uma revista do Banco do Povo da China.

A política monetária permanecerá flexível, ajustando a intensidade, ritmo e foco de acordo com as necessidades da economia, disse Sun.