Mercado abrirá em 6 h 38 min
  • BOVESPA

    112.611,65
    +1.322,47 (+1,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.466,02
    -571,03 (-1,12%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,08
    +0,47 (+0,54%)
     
  • OURO

    1.796,00
    +2,90 (+0,16%)
     
  • BTC-USD

    37.171,97
    +1.220,52 (+3,39%)
     
  • CMC Crypto 200

    842,67
    +23,17 (+2,83%)
     
  • S&P500

    4.326,51
    -23,42 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.160,78
    -7,31 (-0,02%)
     
  • FTSE

    7.554,31
    +84,53 (+1,13%)
     
  • HANG SENG

    23.576,13
    -230,87 (-0,97%)
     
  • NIKKEI

    26.702,86
    +532,56 (+2,03%)
     
  • NASDAQ

    14.113,25
    +126,50 (+0,90%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0293
    +0,0053 (+0,09%)
     

China vai garantir crescimento econômico constante no 1º tri, diz premiê

·1 min de leitura
Primeiro-ministro da China, Li Keqiang

PEQUIM (Reuters) - A China vai garantir um crescimento econômico constante no primeiro trimestre de 2022, disse o primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, segundo a rádio estatal nesta quarta-feira.

O governo implementará maiores cortes de taxas e impostos às empresas e fornecerá apoio direcionado a setores afetados pela Covid-19, como o de serviços, disse Li de acordo com a rádio.

A China ampliará os incentivos fiscais existentes e aumentará as deduções para despesas com pesquisa e desenvolvimento quando as empresas calcularem seu imposto de renda, acrescentou Li.

Enfrentando novas pressões baixistas na economia, a China pretende estabilizar áreas importantes como emprego, financiamento, comércio e investimento, disse Li.

Zhang Ming, economista sênior da Academia Chinesa de Ciências Sociais, um importante centro de estudos do governo, disse em um relatório que a economia da China pode crescer 5,3% a 5,5% em 2022.

O governo vai adotar políticas "mais expansionistas" neste ano para evitar uma desaceleração ainda maior do crescimento econômico em relação ao quarto trimestre do ano passado, disse Zhang.

Alguns analistas estimam que o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) chinês no quarto trimestre tenha caído abaixo de 4% ante o ritmo de 4,9% no trimestre anterior, embora o crescimento em 2021 ainda possa ser de cerca de 8%, patamar acima da meta oficial de mais de 6%.

(Por Kevin Yao e redação de Pequim)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos