Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.296,18
    -1.438,83 (-1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.889,66
    -130,39 (-0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,98
    +1,48 (+1,79%)
     
  • OURO

    1.793,10
    +11,20 (+0,63%)
     
  • BTC-USD

    61.485,05
    -1.848,19 (-2,92%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.453,34
    -49,69 (-3,31%)
     
  • S&P500

    4.544,90
    -4,88 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    35.677,02
    +73,94 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.204,55
    +14,25 (+0,20%)
     
  • HANG SENG

    26.126,93
    +109,40 (+0,42%)
     
  • NIKKEI

    28.804,85
    +96,27 (+0,34%)
     
  • NASDAQ

    15.324,00
    -154,75 (-1,00%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5808
    -0,0002 (-0,00%)
     

Covid-19: China vacinou mais de um bilhão de pessoas de maneira completa

·1 minuto de leitura
Foto: Feature China/Barcroft Media via Getty Images
Foto: Feature China/Barcroft Media via Getty Images
  • Contingente de vacinados no gigante asiático passa de 70% da população local

  • Novo coronavírus foi detectado pela primeira vez no país, na cidade de Wuhan, no fim de 2019

  • Para conter vírus, país adotou adoção de medidas rígidas incluindo testagem em massa e fechamento quase total das fronteiras

O governo da China anunciou nesta quinta-feira (16) que o país já vacinou de maneira completa mais de um bilhão de pessoas contra a covid-19, o que representa mais de 70% de sua população.

O país de maior população do planeta (1,4 bilhão de habitantes), onde o coronavírus surgiu no fim de 2019, distribuiu 2,16 bilhões de vacinas, informou um funcionário do ministério da Saúde.

Leia também

A China, primeiro país afetado pela pandemia, também foi o primeiro a sair da crise na primavera (hemisfério norte, outono no Brasil) de 2020, após a adoção de medidas radicais, especialmente testes em larga escala e o fechamento quase total de suas fronteiras.

O país ainda registra focos esporádicos limitados, como nos últimos dias na província de Fujian (leste), com quase 50 casos por dia.

O balanço oficial de mortes por covid-19 na China é de 4.636 pessoas.

Vacinas locais predominam

(Arquivo) Enfermeira com uma dose da vacina do laboratório Sinovac Biotech contra a covid-19 (AFP/STR)
(Arquivo) Enfermeira com uma dose da vacina do laboratório Sinovac Biotech contra a covid-19 (AFP/STR)

O país iniciou a vacinação no fim do ano passado, principalmente com duas vacinas aplicadas em duas doses e desenvolvidas pelos laboratórios Sinovac e Sinopharm.

A taxa de eficácia dos fármacos, no entanto, provoca perguntas, especialmente ante as variantes mais resistentes como a delta.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos