Mercado fechado

China terá maior ‘banco de sementes’ do mundo para aumentar ‘segurança alimentar’

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
Pequim, China. (Foto: Getty Images)
Pequim, China. (Foto: Getty Images)

O governo central da China anunciou que concluirá ainda em 2021 a construção daquele que será, segundo o partido comunista, o maior banco de sementes do mundo.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

As informações foram divulgadas pelo ministro da agricultura, e reproduzidas pela agência de notícias Reuters.

Leia também:

O objetivo é ampliar a segurança alimentar do país, ou seja, garantir a existência de um “banco de reserva” com sementes de variadas culturas para minimizar as chances de falta.

A previsão é de que o novo banco de sementes tenha uma capacidade de 1,5 milhão de “cópias” de sementes. Esse volume é quase quatro vezes superior ao atual, segundo o ministro da agricultura chinês.

A ampliação vem por necessidade, segundo reportagem da Reuters. De acordo com o governo chinês, a expansão é uma resposta às exigências do atual ritmo de crescimento da economia e da sociedade do país.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube