Mercado abrirá em 6 h 42 min
  • BOVESPA

    109.951,49
    +2.121,77 (+1,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.125,01
    -210,50 (-0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    78,43
    -0,04 (-0,05%)
     
  • OURO

    1.891,20
    +0,50 (+0,03%)
     
  • BTC-USD

    22.585,41
    -667,71 (-2,87%)
     
  • CMC Crypto 200

    519,95
    -16,94 (-3,16%)
     
  • S&P500

    4.117,86
    -46,14 (-1,11%)
     
  • DOW JONES

    33.949,01
    -207,68 (-0,61%)
     
  • FTSE

    7.885,17
    +20,46 (+0,26%)
     
  • HANG SENG

    21.366,72
    +83,20 (+0,39%)
     
  • NIKKEI

    27.544,11
    -62,35 (-0,23%)
     
  • NASDAQ

    12.576,75
    +31,50 (+0,25%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5772
    +0,0098 (+0,18%)
     

China suspende vistos de curta duração a sul-coreanos e japoneses por ações anticovid

A China suspendeu, nesta terça-feira (10), a emissão de vistos de curta duração para passageiros procedentes de Coreia do Sul e Japão, informaram suas embaixadas em Seul e Tóquio, em aparente represália às restrições impostas por estes países a passageiros chineses pela explosão de casos de covid-19 no gigante asiático.

A medida foi anunciada primeiro na Coreia do Sul, que introduziu novas normas para os passageiros procedentes da China, inclusive restrições a vistos e testes.

A Coreia do Sul somou-se, assim, a mais de uma dezena de países que impuseram novas normas, em meio à preocupação com o aumento das infecções por covid-19 na China.

"Embaixadas e consulados na Coreia suspenderão a emissão de vistos de curta estada para cidadãos coreanos", informou a embaixada chinesa em Seul, explicando que as medidas serão "reajustadas em conformidade com a implementação, por parte da Coreia do Sul, das discriminatórias restrições de entrada contra a China".

Pequim não emite vistos de turismo e exige um teste negativo a todas as pessoas que chegam ao país.

Em uma nota, a embaixada de Pequim em Tóquio anunciou, por sua vez, que a emissão de vistos para cidadãos japoneses também seria suspensa, sem dar qualquer razão específica, ou indicação, sobre a duração da medida.

A Coreia do Sul está limitando os voos procedentes da China, e os viajantes vindos tanto da China continental, quanto de Hong Kong e Macau, têm de apresentar um teste negativo antes de partir.

O ministro sul-coreano das Relações Exteriores afirmou que as medidas estão "conforme as provas científicas".

O Japão vai exigir das pessoas procedentes da China continental e de Macau que se submetam a um teste antes de viajarem e em sua chegada, uma medida que não é exigida atualmente de outros passageiros.

Segundo estatísticas oficiais, 2.224 cidadãos chineses com vistos de curta duração desembarcaram na Coreia do Sul desde 2 de janeiro, e 17,5% testaram positivo para a covid em sua chegada.

Os hospitais chineses estão superlotados, devido à explosão de casos de covid-19, depois que Pequim começou a relaxar os estritos controles que aplicava até agora e que provocaram protestos em todo país.

kjk-cdl/ceb/dbh/zm/tt/mvv