Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.794,28
    -1.268,26 (-1,10%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.192,33
    +377,16 (+0,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,49
    -0,12 (-0,17%)
     
  • OURO

    1.757,40
    +0,70 (+0,04%)
     
  • BTC-USD

    48.008,93
    +10,35 (+0,02%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.228,81
    -4,48 (-0,36%)
     
  • S&P500

    4.473,75
    -6,95 (-0,16%)
     
  • DOW JONES

    34.751,32
    -63,07 (-0,18%)
     
  • FTSE

    7.027,48
    +10,99 (+0,16%)
     
  • HANG SENG

    24.667,85
    0,00 (0,00%)
     
  • NIKKEI

    30.421,42
    +98,08 (+0,32%)
     
  • NASDAQ

    15.494,50
    -23,25 (-0,15%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2019
    +0,0171 (+0,28%)
     

China promete proteção especial a marca Disney

Loja da Disney no distrito de Pudong, em Xangai. 20/05/2015 REUTERS/Aly Song

XANGAI (Reuters) - O governo chinês vai dar proteção especial para a marca Walt Disney , no momento em que a empresa norte-americana se prepara para abrir seu primeiro parque temático na China continental, no próximo ano, informou um órgão regulador nesta quinta-feira. Autoridades vão realizar por um ano uma campanha para acabar com as falsificações da marca Disney, disse a Administração Estatal de Indústria e Comércio, destacando a grande preocupação de que os produtos falsificados estejam prejudicando a reputação do país. "Isso vai promover o desenvolvimento de um mercado justo e competitivo, e proteger a imagem internacional da China por salvaguardar os direitos de propriedade intelectual", disse o comunicado, acrescentando que a "operação especial" será realizada até outubro de 2016. A China tem se esforçado para eliminar a reputação de fabricar falsificações, de réplica de bolsas a cópias de carros, que causam dores de cabeça para marcas mundiais, como a fabricante do iPhone, a Apple , e a varejista de luxo LVMH . O órgão acrescentou que vai criar "equipes de emergência" para ajudar a proteger as marcas da Disney, reforçar a formação dos profissionais que detectam comportamento ilegal e aumentar o monitoramento na Internet de falsificações da Disney. Mais de 40 por cento dos produtos vendidos online na China no ano passado eram falsificações ou de má qualidade, disse a agência oficial de notícias Xinhua esta semana. (Reportagem de Adam Jourdan)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos