Mercado fechado

China promete medidas para garantir direitos de empresas de aplicativos proibidas pelos EUA

Gabriel Crossley
·1 minuto de leitura
China promete medidas para garantir direitos de empresas de aplicativos proibidas pelos EUA

Por Gabriel Crossley

PEQUIM (Reuters) - A China disse nesta quarta-feira que tomará as medidas necessárias para salvaguardar os direitos legítimos das empresas, depois que o presidente norte-americano, Donald Trump, proibir transações dos EUA com oito aplicativos chineses.

A porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Hua Chunying, fez os comentários em uma entrevista coletiva regular.

Trump assinou na terça-feira uma ordem executiva proibindo transações com oito aplicativos de software chineses, incluindo o Alipay, do Ant Group, segundo a Casa Branca, aumentando as tensões com a China duas semanas antes de o presidente eleito Joe Biden assumir o cargo.