Mercado abrirá em 2 h 52 min
  • BOVESPA

    110.786,43
    +113,67 (+0,10%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.298,20
    -104,50 (-0,20%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,13
    -0,29 (-0,35%)
     
  • OURO

    1.787,00
    +2,10 (+0,12%)
     
  • BTC-USD

    66.159,24
    +2.206,79 (+3,45%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.556,59
    +75,78 (+5,12%)
     
  • S&P500

    4.536,19
    +16,56 (+0,37%)
     
  • DOW JONES

    35.609,34
    +152,03 (+0,43%)
     
  • FTSE

    7.200,83
    -22,27 (-0,31%)
     
  • HANG SENG

    26.017,53
    -118,49 (-0,45%)
     
  • NIKKEI

    28.708,58
    -546,97 (-1,87%)
     
  • NASDAQ

    15.345,00
    -32,50 (-0,21%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4485
    -0,0711 (-1,09%)
     

China promete frear ‘expansão desordenada’ de empresas tech

·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- A China planeja adotar outras medidas para controlar empresas de Internet, disse uma autoridade que supervisiona o ciberespaço, citando como áreas de preocupação a economia compartilhada, saúde online e entrega inteligente.

Most Read from Bloomberg

Durante a Conferência Mundial da Internet, o vice-ministro Sheng Ronghua disse na segunda-feira que coibir o comportamento monopolista e a “expansão desordenada do capital” são as maiores prioridades da Administração do Ciberespaço da China. Sheng também destacou veículos autônomos e economia de plataformas como segmentos que exigem maior regulamentação.

“Precisamos construir uma base legal sólida para os esforços antimonopólio e evitar a expansão desordenada do capital”, disse Sheng na conferência anual em Wuzhen, na província de Zhejiang. “Também será construído um sólido mecanismo de gerenciamento e negociação de dados.”

Os comentários de Sheng sugerem que o controle pode atingir mais empresas. A regulamentação da economia compartilhada ou aplicativos de entrega inteligente podem impactar a Meituan, por exemplo, enquanto a Baidu tem projetos de direção autônoma e Alibaba Health Information Technology e JD Health International atuam no segmento de saúde online.

A conferência Wuzhen foi iniciada pelo presidente Xi Jinping para apresentar a globalização do setor digital da China, e a abertura no domingo teve a participação de Elon Musk, fundador da Tesla, e dos CEOs da Intel, Qualcomm, Cisco Systems e Nokia. Em comentários transmitidos ao evento pelo vice-premiê Liu He, Xi disse que a China trabalhará com todos os países para criar uma economia digital vibrante e melhorar a regulamentação.

Desde quando foi citada pela primeira vez em público pelo Politburo (órgão decisório do Partido Comunista) em dezembro, a frase “expansão desordenada de capital” passou de uma crítica a empresas de plataformas a uma explicação para medidas contra magnatas da tecnologia, celebridades e provedores de aulas particulares. As declarações de Sheng podem diminuir o otimismo de que Xi esteja buscando aliviar a repressão que agita o mercado, depois de citar “resultados iniciais” no mês passado sobre a campanha para disciplinar esse capital.

A China intensificou a campanha com uma série de investigações sobre práticas monopolistas por empresas de Internet, uma multa recorde contra o Alibaba Group e novas demandas para empresas digitais líderes, como Tencent. O país tem pressionado titãs de tecnologia a compartilharem bancos de dados, abrirem plataformas para maior competição e apoiarem oportunidades para empresas menores.

“Buscamos melhorar as regulamentações para a economia compartilhada e economia de plataformas para garantir seu crescimento saudável”, disse Sheng. “Também buscamos criar marcos para a gestão das áreas de direção autônoma, assistência médica online e entrega inteligente.”

Most Read from Bloomberg Businessweek

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos