Mercado fechado

China planeja desinfetar produtos importados da cadeia de frio

Bloomberg News
·1 minuto de leitura

(Bloomberg) -- A China vai desinfetar todas as remessas internacionais de produtos da cadeia de frio para tentar evitar qualquer possível transmissão de coronavírus, depois que carne suína e frutos do mar contaminados foram relacionados ao contágio de trabalhadores portuários, segundo a comissão de saúde pública do país.

A medida visa garantir a segurança de produtos importados refrigerados ou congelados, melhorando a eficiência da aduana e evitando o acúmulo de cargas nos portos, de acordo com plano divulgado na segunda-feira em conjunto com a Administração Aduaneira, o Ministério dos Transportes e o regulador do mercado.

Carne suína congelada contaminada da Alemanha pode ter contagiado um trabalhador portuário na cidade de Tianjin, no norte da China, informou a comissão de saúde local no domingo. Na semana passada, cidades chinesas na província de Shandong, no norte do país, testaram cidadãos que tiveram contato com carne suína contaminada do Brasil.

A desinfecção abrangerá veículos de transporte e embalagens internas e externas dos produtos. As remessas com teste positivo para o coronavírus nos portos serão devolvidas ou destruídas.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.