Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.296,18
    -1.438,83 (-1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.889,66
    -130,39 (-0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,98
    +1,48 (+1,79%)
     
  • OURO

    1.793,10
    +11,20 (+0,63%)
     
  • BTC-USD

    60.936,58
    -1.912,62 (-3,04%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.453,34
    -49,69 (-3,31%)
     
  • S&P500

    4.544,90
    -4,88 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    35.677,02
    +73,94 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.204,55
    +14,25 (+0,20%)
     
  • HANG SENG

    26.126,93
    +109,40 (+0,42%)
     
  • NIKKEI

    28.804,85
    +96,27 (+0,34%)
     
  • NASDAQ

    15.324,00
    -154,75 (-1,00%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5808
    -0,0002 (-0,00%)
     

China pede que empresas de energia aumentem produção para manter casas aquecidas no inverno

·1 minuto de leitura

PEQUIM (Reuters) - A Administração Nacional de Energia da China (NEA) pediu às empresas de carvão e gás natural que aumentem sua produção para garantir que o país tenha suprimentos de energia suficientes para manter as casas aquecidas durante o inverno, disse o regulador neste domingo.

A NEA disse que as reuniões com as companhias ocorreram entre 23 e 25 de setembro e que também manteve negociações com empresas de petróleo e oleodutos como parte do mesmo esforço de fornecimento de energia.

A produção industrial em várias províncias chinesas foi atingida pela falta de fornecimento de energia, de acordo com relatos da mídia.

A mídia estatal People's Daily informou neste domingo que a falta de energia na província de Liaoning, no nordeste do país, estava em um "nível severo", em parte devido ao declínio da energia eólica.

(Por Yilei Sun, Cheng Leng e Ryan Woo)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos