Mercado fechado
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,99 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,15
    -10,24 (-13,06%)
     
  • OURO

    1.788,10
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    54.754,50
    +427,27 (+0,79%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.365,60
    -89,82 (-6,17%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,04 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    24.080,52
    -659,64 (-2,67%)
     
  • NIKKEI

    28.751,62
    -747,66 (-2,53%)
     
  • NASDAQ

    16.051,00
    -315,00 (-1,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3485
    +0,1103 (+1,77%)
     

China mantém taxas referenciais de empréstimos em novembro

·1 min de leitura
Pedestre caminha em frente à sede do banco central da China, em Pequim

XANGAI (Reuters) - A China deixou inalteradas suas taxas referenciais de empréstimos para empresas e famílias pela 19ª vez na fixação de novembro nesta segunda-feira, em linha com as expectativas do mercado.

A taxa primária de empréstimos de um ano (LPR) permaneceu em 3,85%, enquanto a de cinco anos foi mantida em 4,65%.

Uma pesquisa com 23 participantes realizada pela Reuters na semana passada mostrou que 21 deles não esperavam nenhuma alteração.

A maioria dos empréstimos novos e pendentes na China tem como base a LPR de um ano. A taxa de cinco anos influencia os preços das hipotecas.

(Reportagem de Winni Zhou e Andrew Galbraith)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos