Mercado fechará em 44 mins
  • BOVESPA

    106.099,95
    -2.689,38 (-2,47%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.213,65
    -1.250,38 (-2,43%)
     
  • PETROLEO CRU

    109,14
    -3,26 (-2,90%)
     
  • OURO

    1.819,40
    +0,50 (+0,03%)
     
  • BTC-USD

    29.298,45
    -812,96 (-2,70%)
     
  • CMC Crypto 200

    655,31
    -15,37 (-2,29%)
     
  • S&P500

    3.927,32
    -161,53 (-3,95%)
     
  • DOW JONES

    31.508,83
    -1.145,76 (-3,51%)
     
  • FTSE

    7.438,09
    -80,26 (-1,07%)
     
  • HANG SENG

    20.644,28
    +41,76 (+0,20%)
     
  • NIKKEI

    26.911,20
    +251,45 (+0,94%)
     
  • NASDAQ

    11.958,25
    -602,00 (-4,79%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2216
    +0,0112 (+0,21%)
     

China mantém taxas de empréstimo em movimento inesperado

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Banco do Povo da China, em Pequim
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

XANGAI (Reuters) - A China manteve suas taxas de empréstimo inalteradas nesta quarta-feira, em movimento inesperado, com os mercados avaliando a decisão como cautela de Pequim para adotar mais medidas de afrouxamento conforme a economia desacelera devido aos lockdowns contra a Covid-19.

Em contraste com a maioria das principais economias, que começou a apertar a política monetária para combater a inflação, a China acelerou o afrouxamento para conter a desaceleração.

Mas tal divergência em relação aos principais bancos centrais do mundo pode provocar saídas de capital, ampliando a pressão sobre o iuan.

A taxa primária de empréstimos (LPR, na sigla em inglês) de um ano foi mantida em 3,70% e a LPR de cinco anos permaneceu em 4,60%.

Marco Sun, analista-chefe de mercados do MUFG Bank, disse que a divergência de política monetária entre a China e os Estados Unidos deve continuar apesar da manutenção da LPR em abril, já que a postura do banco central chinês parece ser mais "dovish", ou seja, inclinada a estímulos monetários.

"A recuperação da Covid é uma tarefa desafiadora para as autoridades globais", disse Sun, acrescentando que o impacto econômico da mais recente onda de infecções por Covid-19 continua incerto.

Sun ainda vê uma chance de redução da LPR no segundo trimestre deste ano.

Uma ampla maioria dos 28 operadores e analistas consultados em pesquisa da Reuters nesta semana esperava redução das taxas neste mês.

Entre eles, 11, ou 39%, previam corte de 5 pontos básicos em ambas as taxas.

(Reportagem de Winni Zhou e Andrew Galbraith)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos