Mercado abrirá em 5 h 3 min
  • BOVESPA

    106.419,53
    -2.295,02 (-2,11%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.206,59
    +372,79 (+0,72%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,61
    -1,04 (-1,23%)
     
  • OURO

    1.790,30
    -3,10 (-0,17%)
     
  • BTC-USD

    60.746,08
    -1.700,12 (-2,72%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.478,62
    -26,53 (-1,76%)
     
  • S&P500

    4.574,79
    +8,31 (+0,18%)
     
  • DOW JONES

    35.756,88
    +15,73 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.277,62
    +54,80 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    25.593,84
    -444,43 (-1,71%)
     
  • NIKKEI

    29.098,24
    -7,77 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    15.572,75
    +27,75 (+0,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4606
    +0,0065 (+0,10%)
     

China lança nova missão tripulada neste sábado (16); conheça os taikonautas

·2 minuto de leitura

Durante uma coletiva de imprensa realizada nesta quinta-feira (14), a agência China Manned Space Agency (CMSA) anunciou que, no próximo sábado (16), o país irá lançar a nave Shenzhou-13 levando três taikonautas rumo ao módulo Tianhe, da nova estação espacial Tiangong-3. O lançamento será realizado no Jiuquan Satellite Launch Center e está programado para acontecer às 00h23, no horário de Pequim, com um foguete Long March 2F.

A bordo da cápsula, estarão os taikonautas Zhai Zhigang, Wang Yaping e Ye Guangfu. Zhai, que já serviu na missão Shenzhou-7, será o comandante da Shenzhou-13. Já Wang, que serviu na Shenzhou-10, será a primeira mulher astronauta da China que irá visitar a estação orbital e realizar atividades extraveiculares. Ye, por fim, terá sua primeira experiência no espaço. Durante a estadia nas novas instalações, o trio vai avançar nas atividades de construção da estação.

Entre os objetivos da missão, está a realização de experimentos com tecnologias essenciais para a montagem da estação espacial, como a transposição de módulos e operação remota, controlada manualmente. Eles deverão realizar entre duas e três saídas da cápsula para instalar um adaptador de montagem de braço duplo e suspensão de braços robóticos, necessários para preparar as instalações para as demais etapas de montagem da estação. Ainda, haverá experimentos e aplicações científicas em medicina aeroespacial e microfísica, além de atividades científicas e educacionais diversas.

Haverá também validação de procedimentos de garantia de saúde, vida e trabalho dos astronautas durante a estadia em órbita. As tarefas serão cumpridas ao longo de seis meses, o período mais longo já passado no espaço por astronautas chineses. Após entrar em órbita, a nave Shenzhou-13 irá conduzir uma manobra rápida e autônoma para realizar a acoplagem à porta do módulo Tianhe. Com o procedimento, será formada uma espécie de complexo com o módulo central e com as naves Tianzhou-2 e Tianzhou-3, que levaram suprimentos e artigos necessários para os astronautas passarem os meses da missão a bordo da estação.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos