Mercado abrirá em 4 h 44 min
  • BOVESPA

    106.363,10
    -56,43 (-0,05%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.714,60
    -491,99 (-0,94%)
     
  • PETROLEO CRU

    81,82
    -0,84 (-1,02%)
     
  • OURO

    1.804,00
    +5,20 (+0,29%)
     
  • BTC-USD

    58.969,01
    -1.795,23 (-2,95%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.423,60
    -50,73 (-3,44%)
     
  • S&P500

    4.551,68
    -23,11 (-0,51%)
     
  • DOW JONES

    35.490,69
    -266,19 (-0,74%)
     
  • FTSE

    7.239,57
    -13,70 (-0,19%)
     
  • HANG SENG

    25.532,76
    -95,98 (-0,37%)
     
  • NIKKEI

    28.820,09
    -278,15 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    15.603,25
    +16,00 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4511
    +0,0264 (+0,41%)
     

China ingressa com pedido para aderir a acordo comercial do Pacífico buscando mais influência econômica

·1 minuto de leitura

PEQUIM (Reuters) - A China deu entrada em um pedido de adesão ao Acordo Abrangente e Progressivo para Parceria Transpacífica (CPTPP, na sigla em inglês), informou o Ministério do Comércio do país nesta quinta-feira, enquanto a segunda maior economia do mundo busca aumentar sua influência no comércio.

O ministro do Comércio, Wang Wentao, apresentou o pedido da China para aderir ao acordo de livre comércio em uma carta a seu colega da Nova Zelândia, Damien O'Connor, disse o ministério chinês em comunicado.

O CPTPP foi assinado por 11 países, incluindo Austrália, Canadá, Chile, Japão e Nova Zelândia, em 2018.

Antes disso, era conhecido como Parceria Transpacífica (TPP, na sigla em inglês) e visto como um importante contrapeso econômico à influência regional da China.

O acordo era fundamental para o eixo estratégico na Ásia do então presidente dos EUA, Barack Obama, mas seu sucessor, Donald Trump, retirou os Estados Unidos do pacto em 2017.

A adesão ao CPTPP seria um grande impulso para a China após a assinatura do acordo de livre comércio de 15 nações da Parceria Econômica Abrangente Regional (RCEP, na sigla em inglês) no ano passado.

(Por Colin Qian, Twinnie Siu e Tom Daly)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos