Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,50 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,11 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,82
    +0,11 (+0,17%)
     
  • OURO

    1.832,00
    +16,30 (+0,90%)
     
  • BTC-USD

    59.098,11
    +1.972,50 (+3,45%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,07
    +44,28 (+3,08%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,23 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,81 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,45 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.715,50
    +117,75 (+0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3651
    -0,0015 (-0,02%)
     

China importa volume recorde de carne por preocupação com oferta

Bloomberg News
·1 minuto de leitura

(Bloomberg) -- A China importou quantidade recorde de carne em março devido a preocupações sobre abastecimento, com os plantéis de suínos ainda sob o impacto da peste suína africana.

As importações totais, incluindo miúdos, ultrapassaram 1 milhão de toneladas, um aumento de 44% em relação a fevereiro, depois que novas cepas do vírus da peste suína afetaram muitos animais, especialmente no norte da China. As importações sobem há meses: os portos receberam um recorde de 10 milhões de toneladas em 2020, 60% a mais do que no ano anterior, para aumentar o abastecimento doméstico.

As fortes compras da China levaram investidores no mercado futuro de suínos de Chicago a aumentar apostas altistas para o maior nível desde novembro de 2017.

O recorde das importações em março coincidiu com vendas de criadores de suínos, assustados com novos surtos da peste suína africana e proibições de transporte de porcos vivos. Com isso, os preços domésticos da carne suína caíram para o menor patamar desde agosto de 2019. As altas importações em março também foram impulsionadas por preços recordes da carne bovina no mercado doméstico.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.