Mercado abrirá em 2 h 29 min

China e Cingapura fecham acordo para retomar viagens de negócios

Valor

Entre as regras acertadas, os viajantes, por exemplo, terão que passar por um teste rápido para detectar a doença 48 horas antes de decolar e depois de pousar China e Cingapura anunciaram um acordo bilateral para restabelecer as viagens de negócios após as restrições adotadas por causa da pandemia de covid-19.

Com o acordo, Cingapura passará a aceitar voos com origens em seis províncias chinesas — Chongqing, Guangdong, Jiangsu, Xangai, Tianjin e Zhejiang —, com o objetivo de ampliar as permissões para o restante do país no futuro.

As regras são similares às discutidas entre a China e outros países asiáticos que já conseguiram controlar surtos iniciais da covid-19. Os viajantes, por exemplo, terão que passar por um teste rápido para detectar a doença 48 horas antes de decolar e depois de pousar.

Tanto a China como Cingapura exigirão que os passageiros também instalem em seus celulares aplicativos usados pelos respectivos governos para monitorar o surgimento de novos casos e rastrear possíveis contatos.