Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.647,99
    +1.462,52 (+1,29%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.798,38
    +658,14 (+1,26%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,66
    +1,35 (+1,66%)
     
  • OURO

    1.768,10
    -29,80 (-1,66%)
     
  • BTC-USD

    60.708,66
    -975,61 (-1,58%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.464,06
    +57,32 (+4,07%)
     
  • S&P500

    4.471,37
    +33,11 (+0,75%)
     
  • DOW JONES

    35.294,76
    +382,20 (+1,09%)
     
  • FTSE

    7.234,03
    +26,32 (+0,37%)
     
  • HANG SENG

    25.330,96
    +368,37 (+1,48%)
     
  • NIKKEI

    29.068,63
    +517,70 (+1,81%)
     
  • NASDAQ

    15.144,25
    +107,00 (+0,71%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3297
    -0,0741 (-1,16%)
     

China diz que garantirá suprimento energético cumprindo metas climáticas

·2 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A China garantirá o suprimento energético doméstico neste inverno ao mesmo tempo em que cumprirá suas metas climáticas, disse uma autoridade de planejamento estatal nesta quarta-feira (13).

Os comentários chegam no momento em que várias regiões enfrentam sua pior crise energética em anos, estimulada pela escassez de combustíveis para a geração de energia, preços recordes do carvão e uma demanda de eletricidade em disparada no momento em que a atividade manufatureira vacila na segunda maior economia do mundo.

Algumas fábricas são forçadas a suspender a produção devido ao racionamento de energia, o que alguns analistas acreditam que pode se estender até o início do ano que vem.

"O suprimento energético da China neste inverno e na próxima primavera está garantido", disse Zhao Chenxin, uma autoridade da Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma, em uma coletiva de imprensa, acrescentando que as metas climáticas chinesas de longo prazo de atingir um pico de carbono até 2030 e a neutralidade de carbono até 2060 também serão cumpridas.

Os combustíveis para usinas termoelétricas, como as de carvão e gás natural, representam cerca de 70% da geração de eletricidade da China, de acordo com o Birô Nacional de Estatísticas.

Zhao também disse que o país proibirá que governos municipais fechem minas de carvão sem autorização e que pedirá que as minas de carvão fechadas dos principais pólos de mineração de Shanxi, Mongólia Interior e Shaanxi retifiquem seus problemas e retomem a produção o mais cedo possível. Inundações forçaram várias minas a interromper o trabalho recentemente.

A China revisou cerca de 976 minas de carvão e aprovou 153 delas, o que pode acrescentar 55 milhões de toneladas de produção no quatro trimestre, disse Sun Qingguo, autoridade da Agência Nacional de Segurança na Mineração.

A produção diária de carvão atingiu seu maior nível desde fevereiro, ultrapassando 11,2 milhões de toneladas, e o estoque do total de carvão à disposição no país dá conta de 15 dias de uso, segundo outra autoridade.

Zhao ainda disse que a China garantiu 174,4 bilhões de metros cúbicos (bmc) de fontes de gás natural e estabeleceu mais de 27 bmc de estoque de gás até o momento.

Mas autoridades reiteraram que o reforço da produção não comprometerá os padrões de segurança no setor de mineração, sujeito a acidentes frequentes.

"A expansão da produção será implantada de forma ordeira", disse Sun.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos