Mercado abrirá em 52 mins
  • BOVESPA

    115.062,54
    -1.118,01 (-0,96%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.192,33
    +377,16 (+0,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,41
    -0,20 (-0,28%)
     
  • OURO

    1.772,30
    -22,50 (-1,25%)
     
  • BTC-USD

    47.999,91
    +387,84 (+0,81%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.237,12
    +39,90 (+3,33%)
     
  • S&P500

    4.480,70
    +37,65 (+0,85%)
     
  • DOW JONES

    34.814,39
    +236,82 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.041,90
    +25,41 (+0,36%)
     
  • HANG SENG

    24.667,85
    -365,36 (-1,46%)
     
  • NIKKEI

    30.323,34
    -188,37 (-0,62%)
     
  • NASDAQ

    15.459,50
    -44,50 (-0,29%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1659
    -0,0301 (-0,49%)
     

China diz que empresas de games devem evitar foco em lucros

·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Reguladores chineses convocaram empresas de jogos, incluindo Tencent e Netease, para discutir uma maior supervisão do setor e a necessidade de reduzir os lucros, o que levou a uma forte venda de ações do segmento.

A ação da Tencent, maior empresa de games do país, mergulhou 6,7%, perto da maior queda desde julho, enquanto os papéis da rival Netease, de menor porte, perderam 7,7%.

O Departamento de Publicidade do Comitê Central do Partido Comunista da China, a Administração Nacional de Imprensa e Publicação e duas outras agências convocaram a reunião para comunicar os planos com o objetivo de intensificar a supervisão e começar a fiscalizar práticas ilegais, segundo a agência estatal de notícias Xinhua. Na semana passada, o governo divulgou novos regulamentos para o setor, limitando o período que crianças podem jogar videogames a três horas por semana.

As agências disseram que as empresas devem cumprir as novas regulamentações e se afastar do “foco solitário de perseguir lucros” para evitar que menores de idade se tornem viciados em jogos. Também devem remover “conteúdo obsceno e violento” e evitar “tendências prejudiciais, como culto ao dinheiro e efeminação”.

“As autoridades ordenaram que empresas e plataformas reforcem a análise do conteúdo de seus jogos”, disse a Xinhua. “As plataformas também devem resistir à concorrência desleal para evitar concentração excessiva de mercado ou mesmo monopólios no setor.”

Ações de empresas de jogos chinesas listadas nos EUA se desvalorizaram, com o papel da Bilibili em queda de 5,9%. O índice Nasdaq Golden Dragon China caiu 3,3%. A Netease disse em comunicado que cumprirá as regulamentações para evitar a dependência de jogos e promoverá videogames de maior qualidade para menores de idade.

“Acreditamos em jogos saudáveis e levamos muito a sério a saúde física e mental de menores de idade”, disse a Tencent em comunicado. “Agradecemos a diretriz e instrução dos reguladores relevantes e trabalharemos duro para estar em total conformidade com todas as regras relacionadas ao vício em jogos juvenis e regulamentação de conteúdo.”

More stories like this are available on bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos