Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.427,98
    -339,48 (-0,26%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.170,78
    +40,90 (+0,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,26
    +0,18 (+0,25%)
     
  • OURO

    1.778,80
    -4,60 (-0,26%)
     
  • BTC-USD

    33.404,16
    -335,75 (-1,00%)
     
  • CMC Crypto 200

    801,59
    -8,60 (-1,06%)
     
  • S&P500

    4.241,84
    -4,60 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    33.874,24
    -71,34 (-0,21%)
     
  • FTSE

    7.074,06
    -15,95 (-0,22%)
     
  • HANG SENG

    28.817,07
    +507,31 (+1,79%)
     
  • NIKKEI

    28.822,61
    -52,28 (-0,18%)
     
  • NASDAQ

    14.293,50
    +30,50 (+0,21%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9299
    +0,0014 (+0,02%)
     

China deveria liberar iuan para estimular uso maior, diz pesquisador do BC local

·1 minuto de leitura
China deveria liberar iuan para estimular uso maior, diz pesquisador do BC local

PEQUIM (Reuters) - A China deveria retirar seu controle sobre a taxa de câmbio do iuan ao longo do tempo para apoiar um uso global mais amplo da moeda, disse um pesquisador sênior do banco central do país.

A China tem tentado aumentar a influência global do iuan desde 2009 para reduzir a dependência do dólar nas negociações comerciais e acordos de investimento, e desafiar o papel da moeda norte-americana como principal divisa de reserva mundial.

Mas, apesar de alguns passos em direção à liberalização, o país mantém um controle rígido sobre o iuan devido às preocupações de que a volatilidade excessiva possa afetar os fluxos de capital internacionais e prejudicar a economia.

"Temos que admitir que, sob a condição de internacionalização do iuan, não podemos controlar a taxa de câmbio. O banco central acabará desistindo de uma meta para a taxa de câmbio eventualmente", disse Zhou Chengjun, chefe do instituto de pesquisa financeira do Banco do Povo da China, em discurso recente num fórum.

A retirada do controle sobre o iuan também ajudará o banco central a obter mais independência na política monetária, disse Zhou no discurso publicado nesta quarta-feira.

(Por Kevin Yao)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos